Consultor Jurídico

Contas irregulares

PSDB tem fundo partidário suspenso em São Paulo

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo rejeitou as contas do PSDB, referentes ao exercício de 2003, na sessão plenária desta quinta-feira (23/7). Com a decisão fica suspenso o repasse de novas cotas do fundo partidário ao diretório regional da agremiação.

O partido teve suas contas rejeitadas em razão de várias irregularidades. Entre elas, a não comprovação de R$ 11 mil recebidos de contribuições de diretórios municipais e a falta de documentação fiscal hábil a comprovar despesas de cerca de R$ 12 mil.

O relator do processo, juiz Flávio Yarshell, afirmou que "a soma das imperfeições prejudica a credibilidade da prestação de contas". De acordo com o artigo 37 da Lei 9.096/95, a falta de prestação de contas ou sua desaprovação total ou parcial implica na suspensão de novas cotas do fundo partidário.

Interior de São Paulo
Na mesma sessão, o TRE-SP rejeitou as contas de campanha prestadas pelos prefeitos Marco Ernani Hyssa Luiz (PMDB), eleito em Altinópolis, e Arlindo Varalta (PR), de Ibirarema. As duas contas se referem às eleições de outubro de 2008.

Ibirarema fica na região central do estado e pertence à 83ª Zona Eleitoral de Palmital. Varalta foi eleito com 2.140 votos (52,18% dos votos válidos). Com 4.772 votos (47,11% dos votos válidos), Hyssa Luiz foi eleito prefeito de Altinópolis, município localizado na região leste do estado.

Com a decisão, ambos ficam impedidos de receber a Certidão de Quitação Eleitoral. De acordo com a legislação, a desaprovação das contas impede a obtenção do documento durante o curso do mandato ao qual concorreu. A certidão é indispensável para concorrer a qualquer cargo eletivo. Com informações da Assessoria de Imprensa do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 24 de julho de 2009, 8h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/08/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.