Consultor Jurídico

Benefício do INSS

Advogada e cliente são denunciadas por fraude

O Ministério Público Federal em Campinas (SP) denunciou a advogada Alessandra Aparecida Toledo e sua cliente, a servidora do INSS Valquíria Andrade Teixeira, por fraudar o sistema do INSS para receber benefício.

Segundo a acusação, a fraude ocorreu no sistema operacional da agência do órgão em Capivari (SP). Com a operação, foi concedido um benefício de R$ 35,9 mil em favor de um cliente da advogada, de acordo com o MPF. Segundo as investigações, a funcionária do INSS adulterou o período trabalhado pelo cliente de Alessandra. Ele havia trabalhado apenas 16 dias em uma empresa e o registro no INSS foi alterado para que aparecesse como se ele tivesse permanecido no emprego por cerca de cinco anos.

Para o MPF, o envolvimento da advogada ficou comprovado porque seu cliente, que iria receber o benefício, entregou toda a documentação para que Alessandra intercedesse por ele junto a agência do INSS. Se aceita a denúncia pela Justiça Federal, Alessandra e Valquíria responderão por peculato e inserção de dados falsos em sistemas de informações e podem ficar presas por, pelo menos, 12 anos. Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério Público Federal.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 13 de julho de 2009, 18h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/07/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.