Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Processo digital

Judiciário do Acre economizará com novo sistema

O Tribunal de Justiça do Acre aderiu, esta semana, à digitalização de processos em papel enviados ao Supremo Tribunal Federal. A medida representará uma economia de aproximadamente R$ 20 milhões por ano ao Poder Judiciário do Estado. Isso porque reduzirá gastos com o transporte físico dos processos, antes feito pelos Correios.

Com o novo sistema, as peças processuais serão escaneadas na diretoria judiciária do TJ-AC, que providenciará o cadastro no programa de digitalização processual do portal do Supremo. Posteriormente, a diretoria jurídica do tribunal acreano fará o registro do protocolo do processo. A partir de então, advogados e partes poderão consultá-lo diretamente no portal do Supremo.

Outra vantagem da digitalização é que os processos enviados ao STF retornarão ao TJ-AC em prazo máximo de cinco dias após a sua distribuição. Dessa forma, o acesso a estes documentos poderá ser feito durante 24 horas por dia, pela internet, de qualquer computador em qualquer lugar do Brasil. Além do aumento em sua velocidade, a mudança também dará mais segurança à tramitação processual.

O sistema foi implantado no Acre após treinamento efetuado por equipe técnica do Supremo, que padronizou as redes de transmissão e recepção na área de Tecnologia da Informação do Poder Judiciário. Com informações da Agência de Notícias do CNJ.

Revista Consultor Jurídico, 8 de julho de 2009, 17h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/07/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.