Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Deputado do castelo

Conselho rejeita parecer contrário a Edmar Moreira

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara rejeitou nesta quarta-feira (1/7), por 9 votos a favor, 4 contra e uma abstenção, o parecer do relator, Nazareno Fonteles (PT-PI), que pedia a cassação do deputado Edmar Moreira (sem partido-MG) por denúncias de quebra de decoro. A informação é da Agência Brasil.

Moreira foi acusado de uso indevido da verba indenizatória, recurso a que cada deputado tem direito, no valor mensal de R$ 15 mil. O deputado usou a verba para pagamento de serviços de segurança a empresas de sua propriedade. O presidente do conselho, deputado José Carlos Araújo (PR-BA), anunciou que vai nomear um dos nove deputados que votaram contra o parecer para elaborar o voto vencedor, pela absolvição, que ainda terá de ser votado pelo colegiado.

Revista Consultor Jurídico, 2 de julho de 2009, 0h37

Comentários de leitores

1 comentário

Conselho de quê, mesmo?

Zerlottini (Outros)

Conselho de ética? No congresso? Eles nem sabem o que seja isso. Esse Edmar e aquele senhor feudal, que tem um castelo, né? Eles vivem fazendo farra com o dinheiro público - TODOS ELES. Então, como é que alguém vai condenar alguém por isso, sabendo que, amanhã, pode ser ele o condenado? Sejamos sérios, pô! Esse pessoal tá é brincando de governar o Brasil. Todo mundo faz o que quer, mete a mão onde e em quanto quer - e ainda vêm falar em conselho de ética...
Francisco Alexandre Zerlottini. BH/MG.

Comentários encerrados em 10/07/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.