Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Proteção de criança

Datena não pode falar de ação contra DJ Malboro

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro proibiu o jornalista José Luiz Datena, que apresenta o programa Brasil Urgente, da Rede Bandeirantes, de veicular ou comentar qualquer notícia sobre o processo de Fernando Luís Mattos da Matta, conhecido como DJ Malboro. Ele responde por acusação de abuso sexual contra uma menina de cinco anos. O processo corre em segredo de Justiça, conforme determina a Constituição Federal em seus artigos 5º, inciso LX; e 227.

O juiz Magno Alves da Assunção, da 28ª Vara Cível do Rio, previu multa diária de R$ 50 mil no caso de a emissora descumprir a determinação. A queixa-crime em que Malboro é réu foi oferecida em 29 de setembro de 2008 e tramita na 21ª Vara Criminal do Rio. O processo corre em segredo de Justiça para a proteção da criança. Na ação cível movida contra Datena, o DJ Malboro alega que é pessoa pública de reconhecimento internacional, conhecido pelo público e pela mídia, e sua exposição pela imprensa é grave, por violar tanto os seus direitos, quanto os da criança envolvida no processo.

A Rede Globo também noticiou o fato. Mas, como explicou Malboro, sem o expor e nem a menina, bem como sem violar o segredo de Justiça. O artista afirma que a Band divulga informações sigilosas sobre o processo, o que o condenaria, em tese, por um crime que ainda está sendo investigado. "Trata-se de uma medida urgente e necessária de apreciação e deferimento da medida liminar pleiteada, visando à proteção da menor", afirmou o juiz.

"O programa Brasil Urgente apresentou excelentes índices de audiência no dia 27 de maio, por ter apresentado o caso do DJ Marlboro, por estar sendo acusado de ter abusado sexualmente uma criança que seria prima e afilhada de Junia Duarte, que seria prima e afilhada da ex-namorada do DJ, registrando seis pontos de média, o que para o IBOPE isto representa cerca de 60 mil domicílios na Grande São Paulo", escreveu o juiz na liminar.

Ele disse ainda que a liberdade de expressão dos meios de comunicação é um direito fundamental, mas isto não significa que eles possam agir sem parâmetros éticos. "Portanto, aplica-se o princípio da proporcionalidade e da razoabilidade, onde se deve tomar como parâmetro qual bem maior a ser protegido, e, neste caso, é o da criança", ressaltou.

Por determinação do juiz, uma cópia do processo será encaminhada ao Ministério Público estadual a fim de que sejam tomadas as providências cabíveis e pertinentes. Com informações da Assessoria de Imprensa do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Processo 2009.001.155480-7

Revista Consultor Jurídico, 1 de julho de 2009, 18h53

Comentários de leitores

5 comentários

DJ MARLBORO - CONFIO E ACREDITO.

Soares,Lucio (Comerciante)

Por conhece-lo de forma pessoal e profissional, sei de que se trata de difamacao, pois ele, em seus mais de trinta anos de carreira, dos quais seus trabalhos se destaca a participacao do programa da Xuxa. Na comunidade no site de relacionamentos Orkut e que leva o mesmo nome do Titulo, existe depoimentos de criancas da epoca que hoje em dia se tornaram adultas e que confirmam sua boa conduta.
Lamento que tenha lido comentarios de que o fato de ele ter dinheiro o exime de quaisquer responsabilidades. Isto tambem nao deixa de ter um conceito de pre-julgamento. Todos sao inocentes ate que se prove o contrario e nao foi ele quem buscou de auto-promover veiculando esta materia no apresentador do sensacionalista da rede bandeirantes.
Ate como comunicador e por possuir um programa que vai ao ar de segunda as sextas. lider de audiencia na radio beat 98, ele poderia ter levado o caso a dominio publico. E se nao o fez foi em respeito a crianca que e a maior vitima de todo este processo.

datena proibido de falar

o corvo jus (Advogado Autônomo - Civil)

Esse topeira deveria ser proibido de falar em qualquer lugar contra qualquer pessoa , infelizmente vc tem uma besta dessa com programa de tv e tem gente que gosta ,esse e um aproveitador da desgraça alheia , tinha que ser banido dos meios de comunicação.

Olho nesse juiz e arredores....

Mig77 (Publicitário)

No país que a mãe faz seu filho de 15 anos passar por baixo da roleta do onibus fica complicado não pedir holofotes sobre o juiz e arredores.Se o problema é o Datena, acho que ele irá se calar por agora, mas irá falar quando esse caso for julgado.Concordo com o Sr. "hammer eduardo".A fossa a céu aberto em Brasilia não está sendo mencionada neste forum.E o mensalão?Agora Sarney, atos secretos etc.Holofotes nos juizes que irão julgar.Neste país, se existe crime, existe ganho.E muito!!!!PODRE PAÍS!!!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 09/07/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.