Consultor Jurídico

Notícias

ABC da Constituição

Livro ensina Direito Constitucional com inteligência

Comentários de leitores

4 comentários

Boa Obra

Juiz Estadual de 1a. Instância (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Tenho lido com atenção a excelente obra do professor Barroso e recomendo pela abordagem técnica, o estilo claro e as ótimas remissões e referências bibliográficas.

Melhor professor de Direito Constitucional

Graco (Serventuário)

Trata-se do melhor professor de Direito Constitucional da atualidade. Suas idéias e sua exposição são claras, seguras, precisas. Nada daquele palavrório rebuscado, afetado e obscuro que vemos em algumas obras jurídicas. O autor conhece a fundo a jurisprudência do nosso país e cita-a de maneira agradável, algumas vezes de maneira crítica. É obra profunda, que se lê com prazer.

Melhor professor de Direito Constitucional

Graco (Serventuário)

Trata-se do melhor professor de Direito Constitucional da atualidade. Suas idéias e sua exposição são claras, seguras, precisas. Nada daquele palavrório rebuscado, afetado e obscuro que vemos em algumas obras jurídicas. O autor conhece a fundo a jurisprudência do nosso país e cita-a de maneira agradável, algumas vezes de maneira crítica. É obra profunda, que se lê com prazer.

ABC da constituição

rogério lima (Estudante de Direito - Consumidor)

Foi através da lente do mestre Barroso, que pude corroborar interesse pelo ramo do direito constitucional. Evidentemente, que como estudante, ain da não me transformei em estudioso. Mas, estou a trilhar este caminho.É magnífico e de uma importância necessária, quando o nobre constitucionalista, parafraseando Celso Antônio Bandeira de Mello,em livro Interpretação e aplicação da constituição, menciona sobre os princípios constitucionais. Um verdadeiro núcleo, em que confirma ser a violação de um princípio, imensamente, mais grave do que transgredir uma norma.Irei correndo a Saraiva, tomar contato desta obra de Luis Roberto Barroso, que certamente a farei livro de cabeceira e, sobretudo, de labor do dia a dia.

Comentar

Comentários encerrados em 19/01/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.