Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

VISTORIA NOS PRESÍDIOS

VINÍCIUS (Advogado Autônomo)

Ei seu Corrregedor, que tal o senhor conversasse com os presos em separado para perguntar para eles se realmente o Promotor de Justiça com atribuição na Vara das Execuções Penais visita os presidios e ouve as reclamações e reivindicações dos detentos?
Qualquer coisa pode me ligar aqui em ARaguaína, tenho muitas novidades.
VINÍCIUS - ARAGUAÍNA(TO) - AMAZÔNIA LEGAL - 63- 9999-7700.

Liberdade de expressão e opinião

Émerson Fernandes de Carvalho (Advogado Sócio de Escritório)

Gritar "OPINIÃO SACANA DO PRÓPRIO CONJUR" não vai converter a opinião do articulista em algo equivocado ou sacana.
Aliás, ao assumir claramente os erros, e fortalecer a transparência dos atos da magistratura, o CNJ vem sendo bastante prestigiado pela sociedade, sem que isso implique em qualquer desmerecimento ao Poder Judiciário, o que, lamentavelmente, não acontece com o CNMP.
Agardamos que o novo corregedor do CNMP possa ter serenidade e apoio institucional suficiente para cumprir a sua missão.

SOMENTE UMA POSTURA ENÉRGICA TRARÁ RESULTADOS

Washington Barbosa (Servidor)

O papel do Conselho Nacional do Ministério Público deve ser reforçado para toda a população e, principalmente, para os próprios membros do Ministério Público.
Diferentemente dos Órgãos do Poder Judiciário que, embora revistam-se de certa autonomia e independência, o CNMP tenta coordenar um grande plexo de realidades diferentes e de total distanciamento um dos outros. Muito mais ligados às questões politicas locais, os órgãos do MP nos estados não dá a mínima para os órgãos centrais.
O grande desafio do CNMP será consiguir liderar este processo de mudança.
Serão necessárias medidas enérgicas, muita abertura e proximidade da população, para fazer com que a imagem desgastada do MP possa ser recuperada.
O planejemento estratégico, inciado pelo belíssimo trabalho desenvolvido pelo Professor Rondon e apresentado à composição anterior do CNMP deve ser aprofundado e transformado em meta prioritária dessa nova Gestão.
Mãos a obra, a tarefa será árdua, mas o resultado será grandioso.
Washington Barbosa
www.twitter.com/wbbarbosa
http://w.bbarbosa.blog.uol.com.br

Jornalismo do CONJUR

M.P. (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Dentro da matéria, e inserindo um OPINIÃO SACANA DO PRÓPRIO CONJUR, como se fosse do Corregedor, diz o texto: "com desafios próprios de uma carreira conhecida por apontar o dedo em riste para os problemas alheios, mas não para os próprios...". Malandragem pura - para dizer o mínimo - do CONJUR. Estamos acostumados. Sugiro apontarem o dedo para vcs mesmos pois precisam de muito mais honestidade nas matérias. Se lesse a matéria capciosa, PAULO FRANCIS diria: "o jornalismo é segunda profissão mais antiga do mundo".

Comentar

Comentários encerrados em 1/09/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.