Consultor Jurídico

Notícias

Início do processo

MPF já pode denunciar investigados na Satiagraha

Comentários de leitores

5 comentários

NA ITALIA VENCEU A JUSTIÇA...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

O Problema é que na Italia não existia o ESTADO PARALELO, lá, de um lado estava a Mafia e do outro o Poder Judiciario e uma quantidade minima de corruptos cooptados.
*
Aqui no Brasil é o inverso, a tal ponto que o ESTADO PARALELO se solidificou e consegue anular as investidads democraticas de Direito, consolidados de maneira irreversivel nesse plano.
*
Não acredito mais no ESTADO DEMOCRATICO DE DIREITO, teremos que refazer uma nova e truculenta revolução, passar tudo a limpo e começar de novo.

INDEFENSÁVEL

SANTA INQUISIÇÃO (Professor)

É necessário perquirir: é justo gastar tempo e dinheiro público para admitir o tal "direito de defesa". Pelo que já se publicou na imprensa e, em face das entrevistas da PF e do MPF, é caso de se aplicar o princípio da verdade sabida. Trata-se de fato público e notório que, pela lei, presume-se verdadeiro "juris et de juri". Portanto, concordo com o meu colega Armando do Prado, em gênero, número e grau.

E agora GM?

Armando do Prado (Professor)

Quem é quem nesse inbróglio? Agora, sem o Delegado Queiróz, vocês estão indiciados. E então?

SERÁ?

dinarte bonetti (Bacharel - Tributária)

Uma justiça feita de encomenda para os poderosos, feita por parlamentares sempre eleitos pelo poder economico, no Brasil sempre se notabilizou por um profundo desprezo pelo Direito. Advogados são os profissionais de pior avaliação no mercado. Sempre ligados a procrastinações, ações evasivas, tentativas eternas de se usar da prescrição.Salvo exceções de excelencia.
Mas parece que desta vez, a coisa foi tão longe, que lembra um pouco o caso do Pres. Collor, quando todo o poder economico e corruptor em suas mãos não foi suficiente para estancar o inevitavel: sua cassação. Só foi salvo pelo Supremo, na area criminal, num dos mais tristes episódios vividos por nosso Supremo, à época.
Atualmente, o Supremo parece querer fazer lembrar o ocorrido na época citada. Mas eis que surgem um delegado sério e competente, mais um juiz incorruptivel...
Será que desta vez teremos Justiça, ou o Supremo novamente se esvaziando em um lago de lama?
Será?
Na Itália, venceu a Justiça. Veremos, no Brasil.

controle externo

Republicano (Professor)

Em tendo elementos, deve denunciar. Agora, também devem denunciar procuradores e delegados que abusaram durante as investigações, senão o Ministro Gilmar estará correto quando diz que o controle externo da polícia pelo MP não é nada.

Comentar

Comentários encerrados em 5/05/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.