Consultor Jurídico

Entrevistas

Carta maltratada

Entrevista: Celso Antônio Bandeira de Mello, advogado

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

28 comentários

O problema é que determinados pontos de vista q...

Barreto (Advogado Autônomo)

O problema é que determinados pontos de vista que estão sendo veiculados neste site estão revestidos de sentimentalismo e pouco cientificismo, dizer que universitários que possuem idéias revolucionárias são vagabundos e não ganhariam dinheiro em empresas privadas é subestimar a capacidade do ser humano e só contribui para corrobrar os argumentos do eminete jurista. Precisamos de os fatos sejam analisados de maneira menos pueril.

Essas idéias pseudo-nacionalistas do grande jur...

Nicoboco (Advogado Autônomo)

Essas idéias pseudo-nacionalistas do grande jurista tem uma origem conhecida: a educação que nossas crianças e adolescentes recebem dos professores que querem ensiná-los a serem "civilizados". Ou então do submundo ideológico das universidades brasileiras, verdadeiros antros de vagabundos - que nunca conseguira ganhar dinheiro na iniciativa privada -que defendem idéias estatizantes e revolucionárias em pleno século XXI. É preciso ensinar português e matemática, e por aí afora, sem o que nossos jovens crescerão sempre com mentalidades paralisantes e nunca poderão se livrar desse penoso complexo de inferioridade que atormente o povo que vive abaixo da linha do equador. Porque um adulto são não se vende por essas ideologias baratas. Um exemplo: quem tem 80% de aprovação é a economia brasileira, embalada pelo crescimento mundial, e não o governo que tem uma gestão considerada medíocre nos ministérios e secretarias (com algumas exceções).

Ok. A Constituição foi desfigurada para atender...

Issami (Advogado da União)

Ok. A Constituição foi desfigurada para atender à globalização. Mas, pensando bem, o que pretendem os críticos: que a globalização fosse desfigurada para atender a nossa Constituição?

Como admirador incondicional da obra de Celso B...

Vinícius Campos Prado (Professor Universitário)

Como admirador incondicional da obra de Celso Bandeira de Mello, sinto-me à vontade para discordar do mestre em um ponto: a decisão de Gilmar Mendes sobre Daniel Dantas não foi correta, porque o citado banqueiro não teve nenhum direito individual lesado. Sua prisão decorreu de indícios, provas, confissões, filmagens e testemunhas, na mais estrita ordem legal. E Gilmar Mendes suprimiu instâncias flagrantemente ( até hoje não informou quem no TRF-3 e no STJ indeferiu os habeas-corpus impetrados contra a decisão de primeira instância que permitiria o recurso ao STF. Assim, como saber se era aplicável a súmula 961 do próprio Supremo?). Isso não é agir dentro da legalidade, como deseja Celso e almejamos todos. E sobre as interceptações telefônicas, é de bom alvitre que o grande administrativista se lembre de que são previstas constitucionalmente, cabendo ao juiz criminal decidir, motivadamente, sobre seu cabimento ou não. Talvez ele devesse ter tecido comentários sobre o Presidente do Supremo querer que o CNJ interferisse em decisão jurisdicional, o que é flagrantemente fora de suas atribuições e da legalidade. Nestes temas, não há como concordar com o maior administrativista da história do país.

A globalização é fenômeno decorrente de um proc...

Rita Malvezzi (Advogado Autônomo - Civil)

A globalização é fenômeno decorrente de um processo evolutivo irreversível, o qual conjuga vários fatores: social, econômico, tecnológico, etc... Contudo, não podemos ignorar que este fenômeno atua, interfere, modifica e altera as relações inter-pessoais, atingindo direitamente o universo do Direito. Deixando de lado qualquer partidarismo ou ideologia, o texto Carta Maltratada serve de reflexão para os operadores da Ciência Jurídica. Questiona-se: na edição de uma lei, o que deverá ser sopesado, interesse econômico globalizado e/ou interesses sociais? É possível um consenso??

A globalização começou quando abrão (ainda era ...

amorim tupy (Engenheiro)

A globalização começou quando abrão (ainda era abrão) saiu de UR para ir vender e comprar pelo mundo afora . Acabar como a globalização temos que começar proibimdo celulares = quem vai aguentar Vai ter gente comendo raiz crua porque não sabe fazer fogo Nos açougues da vida se compra e se vende picanha e costelas=

em tempo: O Machado de Assis é tão somente par...

futuka (Consultor)

em tempo: O Machado de Assis é tão somente para os que não estão satisfeitos com a nossa constituição e preferem uma outra leitura. -'Sem desfocar é claro que um assunto assim deveria ser encaminhado para o literário Monteiro Lobato.'

"A Constituição de 1988 foi, no entanto, prejud...

futuka (Consultor)

"A Constituição de 1988 foi, no entanto, prejudicada com o fim do socialismo e o início da globalização." -O QUE PODIAM FAZER OS LEGISLADORES É PARAR DE COSTURAR RETALHOS A CADA DIA E O MAIS GRAVE A CADA MANDATO, SIM POIS QUEREM ALGUNS SEREM LEMBRADOs COMO -"OS TAIS QUE MEXERAM NA CONSTITUIÇÃO". blá, blá e blá.. -Portanto discordo parcialmente do entrevistado. Não posso crer que o problema real aí resida! ..posso ser um simples mortal e grabnde leitor do CONJUR, mais essa é a minha opinião até esse momento. Sugestão: - Leia Machado de Assis, entre outros que estão sempre caminhando com os tempos atuais!

Respeito muito o constitucionalista Celso Antôn...

Enos Nogueira (Advogado Autônomo - Civil)

Respeito muito o constitucionalista Celso Antônio Bandeira de Mello e concordo que temos uma Constituição excelente. É verdade, a nossa Constituição é vilipendiada, todos os dias, por todos os poderes da República. Nelson Nery Junior afirma que ao argüir descumprimento, em juízo, da Constituição os nossos operadores do "direito" acham que é uma simples manobra da parte, sendo assim, a argüição não é levada a sério. Dentre muitos órgãos da Administração Pública Federal, o TCU tem um verdadeiro desprezo, na minha opinião, pelos direitos e garantias fundamentais, pois nas suas decisões diz que não se aplicam tais direitos por esse e por aquele motivo. Enquanto não respeitarmos a "Bíblia" do Brasil, não seremos um Estado Democrático de Direito.

Respeito muito o constitucionalista Celso Antôn...

Enos Nogueira (Advogado Autônomo - Civil)

Respeito muito o constitucionalista Celso Antônio Bandeira de Mello e concordo que temos uma Constituição excelente. É verdade, a nossa Constituição é vilipendiada, todos os dias, por todos os poderes da República. Nelson Nery Junior afirma que ao argüir descumprimento, em juízo, da Constituição os nossos operadores do "direito" acham que é uma simples manobra da parte, sendo assim, a argüição não é levada. Dentre muitos órgãos da Administração Pública Federal, o TCU tem um verdadeiro desprezo, na minha opinião, pelos direitos e garantias fundamentais, pois nas suas decisões diz que não se aplicam tais direitos por esse e por aquele motivo. Enquanto não respeitarmos a "Bíblia" do Brasil, não seremos um Estado Democrático de Direito.

Globalização é um fenomeno expontaneo decorrent...

Cláudio (Estagiário)

Globalização é um fenomeno expontaneo decorrente da evolução do capitalismo, incluindo o dos russos, chineses e pasmem dos comunistas PTISTAS, Não tem pai nem mãe não foram os americanos seus criadores. Os mais beneficiados são justamente os paises emergentes, que veem ampliado seus mercados. Na verdae o que houve na evolução desse fenomeno é que nos ultimos anos tivemos uma aceleração nos meios de comunicação que aumentou consideravelmente a interação entre os povos, redundando em especial incremento do comercio multilateral, forçando a quebra de barreiras comerciais o que inclui o tansito das pessoas. Não tem nada a ver com ideologias politicas e é um passo sem retorno. A humanidade caminha para frente de maneira ascendente, esse é o rumo inexorável do nosso futuro que se iniciou rastejando!

Eu não sabia que os EUA fundaram a globalização...

Nicoboco (Advogado Autônomo)

Eu não sabia que os EUA fundaram a globalização. Vou falar com alguns economistas para saber mais a fundo essa questão... Nao está nos livros e apostilas de história... Talvez o professor pudesse fazer uma palestra em que esmiuçaria essas questões econômicas da era moderna...

COMEÇA ASSIM... SISTEMATICAMENTE CRITICA-SE A C...

Rodrigo de Oliveira Ribeiro (Outros)

COMEÇA ASSIM... SISTEMATICAMENTE CRITICA-SE A CONSTITUIÇÃO, FALA-SE MAL DELA, ETC... E AÍ, NO DESPERTAR DE 2009, APROVEITANDO QUE A COITADINHA DA CARTA MAGNA É UM RETALHETE, CRIA-SE UMA EMENDA PARA QUE, TAL QUAL NO EQUADOR, NOSSO DITADOR DO BEM FIQUE NA PRESIDÊNCIA ATÉ A MORTE

"A Constituição brasileira foi altamente desfig...

Nicoboco (Advogado Autônomo)

"A Constituição brasileira foi altamente desfigurada para atender interesses estrangeiros, e não nacionais”. Hehehe. Confesso que não consigo parar de rir. Gostaria que o jurista me explicasse isso, numa daquelas conversas informais regadas a chimarrão... Que interesses estrangeiros? Poderia ser mais específico? Reparem que a generalidade é traço caracteristico nesse tipo de discurso libertário-de-esquerda-sem-graça. Outra pérola: "Com o fim da União Soviética, a força do capitalismo se impôs no mundo e os Estados Unidos, então, criaram o conceito de globalização...".

Reparem como o jurista é partidário e parcial: ...

Nicoboco (Advogado Autônomo)

Reparem como o jurista é partidário e parcial: perguntado qual dos três poderes mais desrespeita a Constituição, ele simplemeste se omite. Não responde. Fala do judiciário que ganhou mais poderes (isso é óbvio e até minha avó já percebeu). Para um típico governista, é assim mesmo. Se respondesse que seria o executivo, não faria jus à fama de bajulador dos atuais políticos de ocasião. Se falasse do legislativo, com sua cultura servil e fisiológica, estaria indiretamente pondo culpa no seu tão-bem querido Partido dos Trabalhadores.

O glorioso jurista deveria se reservar às quest...

Nicoboco (Advogado Autônomo)

O glorioso jurista deveria se reservar às questões de direto público, do qual entende tão bem. Ao falar de política, demonstra uma ideologia retrógrada e pseudo-naciolista. Até os esquerdistas tradicionais (a maioria) já abandonou tal discurso falacioso, que só envergonha os latino-americanos, portadores de um complexo de inferioridade que produz maniqueísmos baratos.

"Carta maltratada Constituição foi desfigurada...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

"Carta maltratada Constituição foi desfigurada para atender à globalização" Com todo respeito que merece o articulista, mas não houve essa intenção, "até certo ponto nobre". Houve um enxerto, por traz das cortinas, naquela longa fila de espera da grafica, foi introduzido de tudo, sem sequer ser analisado pelos constituintes. Não foi mera irresponsabilidade, foi falcatrua intencional orquestrada pelo vendilhões da patria. O que acabou por transformar a democracia numa anarquia ingovernavel e duradoura. O que me resta é saber como iremos reverter o crime cometido.

Aqui mais uma cabeça brilhante para o fortaleci...

JB (Professor Universitário)

Aqui mais uma cabeça brilhante para o fortalecimento da democracia. Bandeira de Mello é homem sério e respeitado no meio jurídico. É defensor das liberdades públicas, num País onde a ditadura ainda se revela seus resquícios. É preciso que cada um de nós contribua com sua parcela de responsabilidade para o processo civilizatório. Não se pode deixar o ativismo policialesco ganhar sobrevida, nossos antepassados sofreram muito com idéias arbitrárias se um Estado desrespeitador, é preciso mudar a mente de algumas pessoas que enxergam o poder somente com a espada, sem a balança. A espada sem a balança é fortaleza abusiva, a balança sem a espada é medida sem poder. É necessário equilibrar as forças do Direito para a proteção da nossa gente. Temos o que comemorar sim! São 20 anos de aprimoramento, de exercício de direitos fundamentais, de conquistas e de realizações. Professor Jeferson Botelho - Teófilo Otoni-MG.

A fonte da notícia http://www.ambito-juridico....

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

A fonte da notícia http://www.ambito-juridico.com.br/site/?n_link=visualiza_noticia&id_caderno=&id_noticia=2397

O Professor Bandeira de Mello dispensa apresent...

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

O Professor Bandeira de Mello dispensa apresentações... O que me ocorreu foi um caso em que acharam que poderiam achincalhar com a imagem do Jurista. "Espólio de Sérgio Mota indenizará jurista Celso Antonio Bandeira de Melo por dano moral (..) O dano moral foi decorrente de ofensas veiculadas pela imprensa, que divulgou opinião de Sérgio Motta sobre as inúmeras iniciativas judiciais contra a realização do leilão de privatização da empresa Vale do Rio Doce. Tais declarações atacaram pessoalmente o professor Celso Antonio Bandeira de Mello, co-autor e advogado de uma das ações, com "ofensas, injúrias, difamações e calúnias". Entre as ofensas estariam as declarações de que o professor seria um "pseudojurista a serviço da corrupção organizada" e que teria "uma vida pública lamentável". (...)" Quanto a minha opnião a respeito da qualidade de Jurista do Dr. Bandeira de Mello, o livro dele atualizado de Direito Administrativo, sempre procuro ter em minha estante.

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 6/10/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.