Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

O autor é só um ex-deputado federal defendendo ...

Senhora (Serventuário)

O autor é só um ex-deputado federal defendendo seus pares, Não devemos dar tanta importância a esse tipo de gente. Vide como é o congresso brasileiro com seus políticos de reputação ilibada...

"O que os olhos não veem o coração não sente" ....

futuka (Consultor)

"O que os olhos não veem o coração não sente" ..eu diria que também: -O que os ouvidos não escutam o coração não sente. Diante das escutas qualquer mortal se revela. Quem nunca 'atravessou uma rua fora da faixa de segurança', deu uma cuspida errada ou etecétera.. não é mesmo. Portanto reitero que o respeito é bom para todos nós míseros mortais. Bem algo deve ser feito urgente para que o 'gp' continue o seu uso policial rotineiro e de inteligência (na moita),, e com o 'devido uso' só para contrôle de segurança nacional. rs

O totalitarismo do atual Governo (leia-se Execu...

CrisProf (Professor Universitário - Ambiental)

O totalitarismo do atual Governo (leia-se Executivo), é gigantesco, e nunca esteve tão aparelhado neste País. Mas o caso da escuta do presidente do STF, está na cara, foi uma auto-escuta convenientemente vazada. São as típicas ações da chamada contra-espionagem (ao melhor estilo da bomba do riocentro), que buscam beneficiar a suposta vítima. Só não vê quem não quer...

Ouvir conversas de outrem ? Quem não deve não t...

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

Ouvir conversas de outrem ? Quem não deve não teme. Nem treme... acdinamarco@adv.oabsp.org.br

muito bom o texto do ilustre advogado. Mas que...

dinarte bonetti (Bacharel - Tributária)

muito bom o texto do ilustre advogado. Mas que tal a Veja, para melhorar a qualidade do jornalismo e a punição da arapongagem, denunciar essa "fonte" tao preciosa que é defendida com unhas e dentes? E se o autor do grampo tiver agido de forma independente (ja aconteceram grampos em guerra comercial das teles, ha pouco tempo, no país). Quais os verdadeiros interesses na execução e divulgação desse gravissimo grampo? Ou novamente o culpado sera o mordomo?

Comentar

Comentários encerrados em 9/09/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.