Consultor Jurídico

Comentários de leitores

11 comentários

O CAPITALISMO E O COMUNISMO SÃO REGIMES ECONÔMI...

Pe. ALBERTO (Professor)

O CAPITALISMO E O COMUNISMO SÃO REGIMES ECONÔMICOS E NÃO POLÍTICOS. >> PORTANTO ... >> É O CÚMULO DA ESTUPIDEZ INTELECTUAL RELACIONAR DITADURA COM UM REGIME E DEMOCRACIA COM OUTRO. >> TANTO É QUE, NO BRASIL, DURANTE O REGIME MILITAR O SISTEMA POLÍTICO ERA UMA DITADURA E NO ENTANTO, O SISTEMA ECONÔMICO ERA O CAPITALISMO. >> COMO SE VÊ, O FATO DE TER OCORRIDO ABUSOS DE PODER, NESTA OU NAQUELA NAÇÃO, É POR CAUSA DOS INTERESSES DA CLASSE DOMINANTE E DO REGIME POLÍTICO E NÃO POR CAUSA DO COMUNISMO OU CAPITALISMO. >> HÁ PESSOAS QUE DEVERIAM SE RECOLHER ÀS SUAS IGNORÂNCIAS, TOMAREM UMA DOSE DE CIMANCOL E PERCEBEREM QUE A REALIDADE VAI ALÉM DE SUAS ESTREITAS "VISÕES" E CONHECIMENTO.>> QUEM COMETEU TERRORISMO FORAM OS MILICOS COVARDES E A CLASSE DOMINANTE FARISÁICA E OPORTUNISTA QUE, HOJE, SE APRESENTA ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA...>>

Repito para aquele que tem "relógio" , mas não ...

A.G. Moreira (Consultor)

Repito para aquele que tem "relógio" , mas não sabe "que horas são " !!! : Com "padres" deste tipo, a IGREJA está condenada aos "quintos dos infernos" , JUNTAMENTE, com os seguidores do GUERRILHEIRO, travestido de "padre ! ! !

De vez em quando um religioso tira a cabeça par...

Saeta (Administrador)

De vez em quando um religioso tira a cabeça para fora e brada cretinices. Sabemos das enormes covardias que a igreja pratica e praticou ao longos dos séculos. Se o tal padre tivesse a preocupação de ensinar apenas o que sua condição de religioso lhe permite, quem sabe assacaria menos besteiras contra quem apenas defendeu-se e defendeu o momento que era vivido. Se fôssemos escrever sobre barbaridades cometidas em nome da religião....ah, quantas igrejas ficariam vazias, e quantas cadeias ficariam cheias.

Por que não colocar primeiro na cadeia os "mens...

Enos Nogueira (Advogado Autônomo - Civil)

Por que não colocar primeiro na cadeia os "mensaleiros"? Se houver revisão da lei da anistia tem que haver punição também para alguns TERRORISTAS que tomaram conta do "governo".

Eventual revisão da "Lei da Anistia" somente at...

FEITOSA (Advogado da União)

Eventual revisão da "Lei da Anistia" somente atenderá aos primados da Justiça que ser for ampla e irrestrita. Assim como os militares cometeram crimes contra a humanidade, durante o regime de exceção, seria demasiado hipócrita desconsiderar crimes semelhantes, praticados por aqueles que lutavam contra a Ditadura. Apesar de movidos por um ideal de libertade, é inegável que diversos atos praticados pelos movimentos de resistência seriam facilmente classificados como terroristas, quando analisados sem qualquer paixão.

Com "padres" deste tipo, a IGREJA está condenad...

A.G. Moreira (Consultor)

Com "padres" deste tipo, a IGREJA está condenada aos "quintos dos infernos" ! ! !

SÃO TÃO "FIDALGOS" ... >> FICAM, "a vida tod...

Pe. ALBERTO (Professor)

SÃO TÃO "FIDALGOS" ... >> FICAM, "a vida toda", DISCUTINDO QUAL A MANEIRA MAIS CORRETA PARA PUNIR OS COVARDES MILICOS. >> NÃO TIVERAM - esses milicos covardes "borra botas" - A MESMA FIDALGUIA COM OS REVOLUCIONÁRIOS QUANDO OS MESMOS ESTAVAM PRESOS E SOB SUAS GUARDAS. >> SINTO VERGONHA DESSES "HERÓIS" DA PÁTRIA. >> CADEIA E GUILHOTINA NE LL ES !!! >>

errata, o Defensor Público Geral da União afirm...

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

errata, o Defensor Público Geral da União afirmou que enquanto o acusado não provasse que o processo inexistia, era culpado e estaria sendo processado, questão levada ao Senado. Quem foi o autor da acusação do processo que nunca existiu? Despiciendo dizer, melhor esperar o processo político.

Continuando o comentário abaixo, o atual Govern...

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Continuando o comentário abaixo, o atual Governo e o MPF estão se saindo campeões na arte de dar tiros nos próprios pés e joelhos. Cabe ação na CIDH-OEA? Acredito que sim, quanto a recusa do Governo Brasileiro em abrir os arquivos da Ditadura, coisa que é bater de frente com o Alto Comando Militar. Pode se pleitear na CIDH-OEA que o Brasil seja obrigado a reconhecer, o Governo atual, que houve violações de direitos humanos na Ditadura? Creio que sim, mas como fica a situação de figuras como a Ministra Chefe da Casa Civil Dilma Roussef? Teria de se reconhecer os crimes de todos. No mais o MPF e o Ministro Tarso Genro tinham mais que se preocupar com a Defensoria Pública da União, pois mais uma vez reafirmo, o Defensor Público-Geral da União em ofício inventou a "pressuposição de culpa do acusado até prova documental em contrário", o acusado tendo de provar que não estava sendo vítima de processo inexistente, mas isto está no Senado, e fede... No mais tortura, êita vespeiro bom, o cozinheiro morto na superintendência do DPF RJ, afirmaram que é impossível identificar que foi o autor das torturas, os mutilados nos Presídios, e além do mais tortura, a CIDH-OEA tem marcado em cima em vários casos no regime prisional brasileiro. Este ano ocorreram duas reuniões da CorteIDH no Uruguai para tratar do problema, e o Brasil parece que vai querer outra condenação da Corte. Acho que vou sair daqui e vou vomitar, pois é nausente ver alguém que recebe o cargo de Ministro da Justiça brincar com coisa tão séria, quando sabe bem que o problema não é o passado, e sim o presente. O Ministro Tarso Genro não lê os relatórios da CIDH-OEA? 2008 o Brasil já foi denunciado à CorteIDH em dois processos, um deles por uso de grampos telefônicos.

Não sou nenhum especialista em Direito Internac...

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Não sou nenhum especialista em Direito Internacional, e meu conhecimento veio da pressão que sofri por abusos do tal do MPF, mas vamos lá. Quanto ao Brasil na ONU. Obtive ano passado resposta direta, pessoal, do Alto Comissariado de Direitos Humanos da ONU, o Brasil se recusou a assinar e ratificar todos os Protocolos Adicionais ao Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, ao qual aderiu apenas em 1990 para fazer cena, pois não aceita jurisdição da ONU. A Convenção Americana Sobre Direitos Humanos, o Brasil ratificou em 1992, e só aceitou a Corte Interamericana de Direitos Humanos em 1998. A CIDH-OEA em vários casos foi claríssima, não pode jurisdicionar nenhum ato interno de um país que tenha data anterior à adesão, por ratificação, do país, ao Tratado. Estranho um Ministro da Justiça querendo ir contra princípios que vêm desde a Magna Carta de 1215. O Brasil pode ser condenado? Acredito que sim, por fatos atuais ligados à ditadura, por atos do atual Governo.

O "guerrilheiro" está inconformado e indócil ! ...

A.G. Moreira (Consultor)

O "guerrilheiro" está inconformado e indócil ! ! ! Porque não chupa um "picolé" ? ? ?

Comentar

Comentários encerrados em 31/10/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.