Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Operação Voto Nulo

Polícia Federal prende irmão de PC Farias em Alagoas

A Polícia Federal de Alagoas deflagrou, na manhã desta quarta-feira (15/10), a Operação Voto Nulo. Cerca de 80 homens da PF cumprem seis mandados de prisão e 20 de busca e apreensão nos municípios de Maceió, Barra de Santo Antônio e Porto de Pedras. Entre os presos, está o prefeito de Porto das Pedras, Rogério Farias (PPS), irmão de PC Farias. Reeleito no dia 5 de outubro, ele é acusado de fraude eleitoral. Segundo a PF, Rogério Farias deve ficar preso na carceragem da PF em Maceió. O prefeito negou as acusações, diz a Agência Estado.

As ordens de prisão foram expedidas pela Justiça Eleitoral, depois de comprovado o alistamento fraudulento de eleitores em Porto de Pedras e Barra de Santo Antônio, onde a mulher de Rogério, Rume Farias (PPS), é prefeita e foi candidata à reeleição nas eleições. A PF também está à procura do juiz estadual Rivoldo Sarmento, além de vereadores, cabos eleitorais e pessoas que trabalharam para Rogério Farias.

No dia das eleições, seis homens e quatro mulheres foram detidos quando embarcavam com destino a Barra de Santo Antônio e Porto de Pedras, que ficam no litoral Sul de Alagoas. Com eles, foram apreendidas 83 carteiras de identidades falsas. Segundo a PF, o crime eleitoral foi feito para beneficiar as candidaturas de Rogério e Rume Farias, além de vereadores ligados a eles.

Revista Consultor Jurídico, 15 de outubro de 2008, 16h30

Comentários de leitores

3 comentários

Ticão, Depois que Papai Noel for ouvido com...

Ohne Geheimnis (Advogado Sócio de Escritório)

Ticão, Depois que Papai Noel for ouvido como testemunha, no caso, tudo será certamente esclarecido...

MÁ VONTADE Certamente as nobres autoridade...

Ticão - Operador dos Fatos ()

MÁ VONTADE Certamente as nobres autoridades, momentâneamente detidas, devem ter uma explicação plausível para que essas 6 pessoas tivessem sob sua guarda as 83 carteiras de identidade que, diga-se de passagem, ainda são supostamente falsas, visto que necessário um laudo pericial para a definitiva demonstração da falsidade e sem esquecer o direito à ampla defesa para a contestação desse futuro laudo. Tudo tem uma explicação. Basta um pouco de boa vontade. Qualquer um pode fazer um favor e levar, à pedidos, 83 carteiras de identidade. Algo absolutamente natural. Tão natural quanto comprar imóvel pagando com dinheiro vivo, em espécie. Ou sacar 200.000,00 para levar de uma cidade para outra e guardar em quarto de hotel. Afinal não estamos obrigados a pagar 8,50 para o banco prestar um serviço que nós mesmos podemos realizar. Falta boa vontade nesses juízes. Tudo será esclarecido.

...Avante PF! Os picaretas continuam ressabi...

Robespierre (Outros)

...Avante PF! Os picaretas continuam ressabiados, mas é preciso acuá-los.

Comentários encerrados em 23/10/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.