Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Serviços jurídicos

Começa nesta terça em São Paulo a quinta edição da Fenalaw

Tudo que há de mais moderno no mundo jurídico começou a ser mostrado, nesta terça-feira (7/10), na quinta edição da Fenalaw (Feira de Serviços e Suprimentos Jurídicos), a segunda maior feira jurídica do mundo. O evento anual, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, é voltado para a divulgação de produtos e serviços que facilitem o trabalho do advogado no cotidiano.

Ana Luiza Boranga, responsável pela coordenação da feira, diz que haverá exposição desde mobiliário voltado para escritórios de advocacia até programas de computador desenvolvidos para as demandas específicas dos advogados. “Tudo aquilo que ajude a classe a enxergar a advocacia com forma de fazer negócio” explica ela.

Uma das novidades dessa edição da Fenalaw é um bar que funcionará dentro do centro de exposições para os advogados se relacionar e trocar contatos, o que no mundo dos negócios é conhecido como networking. Boranga explica que o bar São Pedro e São Paulo será usado para os happy hours que os advogados tanto apreciam.

A presença de expositores internacionais como o advogado norte-americano Friederich Blasé também é fonte de expectativa para os negócios. “Queremos que eles falem da crise americana, pois ela irá afetar também os escritórios de advocacia”, avalia.

O evento, que vai até quinta-feira (9/10), terá ainda cursos e palestras. Os interessados poderão visitar a feira das 13h às 20h. O perfil do público nas feiras anteriores foi composto por 47,43% de advogados e 12,71% de estudantes. Do total dos visitantes, 14,20% são de administradores de departamentos jurídicos, administradores de escritórios e advogados de departamentos jurídicos. Os 25,65% restantes exercem outras funções.

Paralelamente, a Fenalaw vai promover um congresso com o debate de temas importantes. Convidados do Brasil e do exterior vão falar sobre a administração de escritórios de advocacia, defesa da concorrência, oportunidades de negócios, criminalidade na era da tecnologia, o relacionamento entre imprensa e advocacia, arbitragem, sistema tributário, entre outras questões.

Entre os participantes estão o diretor da Faculdade de Direito da USP, João Grandino Rodas, os advogados Ives Gandra da Silva Martins e Arnoldo Wald, o ex-secretário da Receita Federal, Everardo Maciel, os jornalistas Márcio Chaer, diretor da revista Consultor Jurídico, Cristine Prestes, do Valor Econômico e Tiago Lethbridge, da Revista Exame.

Revista Consultor Jurídico, 7 de outubro de 2008, 16h23

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/10/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.