Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pena trocada

Senador aceita transação penal e vai doar remédios por um ano

O senador Mário Couto (PSDB-PA) concordou com a proposta de transação penal da ação que responde no Supremo Tribunal Federal, na qual é acusado de cometer crime eleitoral. O senador aceitou trocar o processo pela doação, durante um ano, de remédios para a Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará.

A proposta de transação penal foi feita pela Procuradoria-Regional Eleitoral e ratificada pela Procuradoria-Geral da República. O ministro Marco Aurélio, relator do Inquérito, homologou a troca.

Couto terá que doar, todo mês, cinco frascos de albumina humana, 500 cápsulas de Cefalexina, três ampolas de Clexane, cinco ampolas de Mathergan, cinco frascos de Maxcef e 100 comprimidos de Espironolactona.

O ministro lembrou que todo mês o senador deve entregar ao Ministério Público os documentos comprovando que cumpriu a sua obrigação.

Inq 2.539

Revista Consultor Jurídico, 14 de novembro de 2008, 19h39

Comentários de leitores

2 comentários

Essa transação penal vai ser objeto de outra ma...

Vianna (Advogado Autônomo)

Essa transação penal vai ser objeto de outra maracutaia. Para quem não sabe o senador dispõe, assim como seus pares, de astronômicas verbas de gabinete que, como de praxe serão manejadas para ´doar` esses medicamentos a população carente - do seu curral eleitoral, claro...Tudo muito claro, prático e conveniente.

Só faltou informar o quanto isso representa e...

Ticão - Operador dos Fatos ()

Só faltou informar o quanto isso representa em dinheiro. Só pra saber quanto custou o malfeito.

Comentários encerrados em 22/11/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.