Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ministro interino

Fernando Gonçalves é corregedor-geral temporário do TSE

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu, nesta segunda-feira (3/11), nomear interinamente o ministro Fernando Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça, como responsável pela Corregedoria Geral Eleitoral (CGE). O motivo foi o pedido de licença-médica do atual corregedor-geral, Felix Fischer.

Fernando Gonçalves foi escolhido por ser o ministro do STJ há mais tempo em atuação pelo TSE, depois de Felix Fischer. Em 9 de setembro, Gonçalves tomou posse como membro efetivo do tribunal, enquanto Fischer foi eleito corregedor-geral da Justiça Eleitoral.

Mineiro, Fernando Gonçalves foi nomeado juiz de Direito em 1971. Depois de ocupar uma cadeira no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, assumiu o cargo de ministro do STJ em 1996, onde presidiu a 6ª Turma de 2000 a 2002. Entre 2005 e 2007, foi coordenador-geral da Justiça Federal. Hoje, além das funções no TSE, Fernando Gonçalves participa da 4ª Turma do STJ e também dos julgamentos da 2ª Seção e da Corte Especial.

Revista Consultor Jurídico, 4 de novembro de 2008, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/11/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.