Consultor Jurídico

Operação Papirus

PF deflagra ação contra fraude no Detran de Pernambuco

A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou nesta quarta-feira (19/3) a Operação Papirus, que investiga esquema de fraudes no Detran do estado. A suspeita é a de que servidores expediam ilicitamente os Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs) para “esquentar” carros furtados ou roubados de todo o país.

A fraude facilitava o envio dos carros para o Paraguai e a concessão fraudulenta de financiamentos de veículos por alienação fiduciária ou leasing. Estima-se que somente em 2007 o dinheiro movimentado ultrapassou a cifra de R$ 1,5 milhão pela expedição de mais de 200 CRLVs ao preço de R$ 7 mil cada uma.

As investigações duraram quatro meses. Participam da ação 118 policiais federais e 80 policiais civis que cumprem 15 mandados de prisão preventiva e 20 de busca e apreensão em Pernambuco e em São Paulo. Todos os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Criminal de Caruaru (PE).




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 19 de março de 2008, 12h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/03/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.