Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Melhor idade

OAB critica projeto que aumenta idade da aposentadoria compulsória

A Proposta de Emenda Constitucional que aumenta de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória no serviço público tem de ser rejeitada. "É preciso estabelecer um limite razoável para deixar a magistratura e o Ministério Público e a Constituição de 88 foi muito feliz ao estabelecer esse limite." A opinião é do diretor do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Filgueiras Cavalcante Junior, ao comentar a tramitação da PEC 457/2006, a chamada PEC da Bengala. As informações são do site Direito Global.

A mesma opinião tem os integrantes da frente formada por entidades como a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPR) e Associação dos Magistrados Brasileiros, que se uniram para trabalhar pela rejeição da proposta.

O diretor da OAB Nacional afirmou que não se deseja discriminar o juiz ou o promotor com mais de 70 anos, pois deve-se reconhecer o relevante papel que esses profissionais seguem prestando ao MP e à magistratura. No entanto, afirmou que a OAB não pode compactuar com o que chamou de "engessamento do Judiciário pela cúpula".

Ainda de acordo com Ophir Cavalcante, alterar a Constituição neste caso seria acolher uma legislação "casuística", destinada somente a atender interesses momentâneos daqueles que não desejam deixar a cúpula dos tribunais. O diretor da OAB nacional pediu cuidado aos legisladores: "Não podemos legislar pela exceção. É necessário que os parlamentares foquem seus faróis em questões que dizem respeito diretamente aos interesses da sociedade".

Revista Consultor Jurídico, 25 de maio de 2008, 15h59

Comentários de leitores

2 comentários

O legislativo ainda NÃO aprendeu e percebeu que...

Paulo Jorge Andrade Trinchão (Advogado Autônomo)

O legislativo ainda NÃO aprendeu e percebeu que é usado pelo PJ aos seus interesses e conveniências. Em contrapartida, a recíproca não é verdadeira. Eis que o PJ, cujos magistrados, NÃO são eleitos pelo povo, se intrometem à toda hora no dia-a-dia do Congresso Nacional. Somente os congressitas não perceberam que não passam de "joguetes" nas mãos do PJ, o qual, aliás, na prática, demonstra ter mais poder de fogo!!!

Síntese da tese da OAB e das Associação de Juíz...

Valter (Advogado Autônomo)

Síntese da tese da OAB e das Associação de Juízes: TODOS SÃO CONSIDERADOS INVÁLIDOS, INCOMPETENTES E IMPRESTÁVEIS AO COMPLETAR 70 ANOS. Isto é ou não é flagrante preconceito contra o idoso e punido de modo expresso pela ordem jurídica vigente? Com a palavara, os doutos...

Comentários encerrados em 02/06/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.