Consultor Jurídico

Notícias

Mundo das drogas

Aumenta consumo de cocaína e maconha no Brasil, aponta ONU

Comentários de leitores

5 comentários

Quando um governo qualquer passa a achar românt...

Bira (Industrial)

Quando um governo qualquer passa a achar romântico a violência e o crime, só pode dar nisso.

O Brasil perde dos EUA quando o assunto é consu...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

O Brasil perde dos EUA quando o assunto é consumo de cocaína e maconha. Nessa parte a Alemanha vem em segundo lugar. Daí vem Brasil. Nem lá nem cá a proibição deu certo. Basta verificar o relatório citado da ONU. Prender usuário de maconha e coca, como querem alguns, não modificaria em nada o consumo. Nada. Conversa para boi dormir.Queiram ou não, a melhor forma de readequar esse quadro é a não proibição dessas drogas, inclusive com produção e venda assistida pelo Estado. Mas...isso é outra conversa, porque sei que levarei pauladas dos outros foristas, sedentos pela punição, esquecendo-se da liberdade individual de cada qual. Uma pena o Estado escolher a droga que se pode ou não usar. Lamentável em pleno século XXI. A tendência do consumo de drogas ilícitas é só aumentar.E prender usuário para que ? se as cadeias estão infestadas de drogas, mostrando o verdadeiro reflexo da sociedade. Otávio Augusto Rossi Vieira, 41 Advogado Criminal em São Paulo.

Os demagogos dos deputados e senadores aprovara...

Ray Oten (Advogado Assalariado)

Os demagogos dos deputados e senadores aprovaram a Lei nº 11.343/06, aumentando penas e dificuldade a liberdade provisória dos acusados. É de se perguntar, resolveu a questão? Diminuiu o consumo de drogas?

Claro... Vamos continuar sendo "diferentes" ...

Comentarista (Outros)

Claro... Vamos continuar sendo "diferentes" do resto do mundo (como sempre, né?). Prisão para os usuários já!!! Talvez aqui resolva...

claro. Sem prisão para os usuários, a tigrada c...

Luismar (Bacharel)

claro. Sem prisão para os usuários, a tigrada caiu de boca na erva e de nariz no pó.

Comentar

Comentários encerrados em 4/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.