Consultor Jurídico

Colunas

Segunda Leitura

Justiça deve enfrentar questão da candidatura de réus

Comentários de leitores

9 comentários

É triste você ler que mais uma vez o Judiciário...

Paulinho (Outros)

É triste você ler que mais uma vez o Judiciário invadiu os preceitos do Legislativo; Quando o próprio legislativo deixa uma lacuna aberta o Poder Judiciário tem que se auto convocar para preencher essa lacuna e fazer o papel que a sociedade tanto precisa, não podemos ficar de braços atados e ver pessoas com vários crimes defendendo uma sociedade justa e limpa.

RESPONDER A PROCESSO PENAL NÃO SIGINIFICA NADA ...

acs (Advogado Assalariado)

RESPONDER A PROCESSO PENAL NÃO SIGINIFICA NADA HAJA VISTO VIGORA QUANDO DA ACUSAÇÃO O PRINCIPIO IN DUBIO PRO SOCIETA.GOZAR DE MÁ FAMA É IRRELEVANTE POIS O PRÓPRIO JESUS CRISTO TEVE SUA CONDENAÇÃO RATIFICADAS PELA PATULEIA DAÍ PORQUE O QUE A MESMA PENSA É IRRELEVANTE.E MESMO CONDENAÇÃO EM PRIMEIRO GRAU TAMBÉM SIGINIFICA MUITO POUCO EM UM PAÍS ONDE EXISTEM INÚMEROS JUÍZES DESPREPARADOS E OUTROS TANTOS QUE JULGAM EM OBVIA DISSONÂNCIA COM AS PROVAS COLHIDAS.A VERDADEIRA QUESTÃO É SE DEVE VIGORAR O PRINCÍPIO BASILAR DA PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA QUE IMPERA EM TODO REGIME JURÍDICO QUE SE PRETENDA SÉRIO OU DEVE-SE DAR SATISFAÇÕES A DONA MARIA?ESPERO PARA O BEM DESTE PAÍS QUE DONA MARIA SE DANE E QUE VIGORE O BOM SENSO PORQUE QUESTIÚNCULAS MORALISTAS SÓ NOS TORNAM MAIS REPUBLIQUETAS DAS BANANAS.PRA NÃO DIZEREM QUE FUI IMCLEMENTE COM DONA MARIA DOU-LHE UM CONSELHO;VÁ ESTUDAR DONA MARIA.

Na colisão de princípios constitucionais, a mo...

ZÉ ELIAS (Advogado Autônomo)

Na colisão de princípios constitucionais, a moralidade e probidade prevevalecem, e, irão incutir na cultura política do país, melhor conduta social dos candidatos a cargos políticos. Agora, porque o TSE não entende sssim, são outros quinhentos! A vaidade cega!

Quando se interpreta qualquer dispositivo legal...

Luiz Guilherme Marques (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Quando se interpreta qualquer dispositivo legal (inclusive constitucional), nunca se deve interpretá-lo isolado do conjunto das normas que tem alguma relação com o assunto. Se, todavia, praticarmos a interpretação do dispositivo isoladamente, o resultado poderá ser um tremendo absurdo. A regra da presunção de inocência não pode ser colocada fora do contexto das demais regras constitucionais, gerando, por exemplo, a falsa idéia de que pessoas com \"ficha suja\" (mesmo que sem sentença condenatória transitada em julgado) tenham o direito inquestionável de ser candidatos a cargos eletivos no Executivo e Legislativo. No Judiciário, por exemplo, não se permite que tais elementos sejam aprovados, o mesmo se dizendo quanto à Polícia Militar e outras corporações assemelhadas. Se em alguns setores do serviço público - em que a escolha de servidores se faz através de concurso - não se admitem pessoas com \"ficha suja\", não há razão para que em outros setores essas pessoas ingressem livremente, simplesmente porque \"batizadas\" com a \"água benta\" das eleições. Ainda mais sabendo-se que, como é público e notório, a \"compra de votos\" é o argumento de muitos candidatos... É preciso que levemos mais a sério a finalidade do serviço público, em que, acima do interesse de candidatos, há o direito da coletividade de ser servida por servidores honestos, idealistas e competentes. Mais do que qualquer interesse pessoal tem de estar o bem comum.

"Ficha suja" pode significar várias coisas. Uma...

olhovivo (Outros)

"Ficha suja" pode significar várias coisas. Uma delas é a eventual, futura, incerta e possível condenação definitiva. Outra, é a também possível absolvição. Nas sub-espécies, pode significar mera perseguição, tão comum quando tocadas as sensíveis preferências ideológicas ou político-partidárias. Temos torrenciais exemplos de processos com essas motivações, dentre tantas outras.

Pior que os candidatos com "ficha suja" é saber...

Comentarista (Outros)

Pior que os candidatos com "ficha suja" é saber que quem decidirá toda essa questão é a nossa justiça... Uma justiça morosa, improdutiva, distante dos anseios do povo e totalmente desacreditada (segundo última pesquisa a respeito, a maioria do povo considera o judiciário como o poder menos confiável da república). Uma justiça que tem detectores de metais nas entradas de seus fóruns, onde o cidadão tem que explicar o que lá foi fazer para o "guardinha" deixá-lo entrar (o mesmo cidadão que um dia "ouviu falar" que o fórum seria um prédio público e as audiências também, e que, por não haver tais "regras" para se entrar nas sedes das prefeituras e câmaras municipais, acreditou que lá no fórum também fosse assim; coitado...). É esse judiciário que se arvora, creiam!, em paladino da moral nacional e da ética pública. Viva a nossa justiça! O Brasil te merece...

Quer me parecer que a solução possa estar no au...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Quer me parecer que a solução possa estar no aumento do número de juízes para dar conta dos julgamentos, que todos esperam sejam realizados com celeridade.

http://jusvi.com/artigos/34196

Vitor Guglinski (Advogado Autônomo - Consumidor)

http://jusvi.com/artigos/34196

http://jusvi.com/autores/1093

Vitor Guglinski (Advogado Autônomo - Consumidor)

http://jusvi.com/autores/1093

Comentar

Comentários encerrados em 1/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.