Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Plano de cargos

Servidores do Judiciário da Bahia entram em greve

Por 

Os funcionários do Judiciário da Bahia entraram em greve, nesta segunda-feira (16/6), por tempo indeterminado. A adesão à paralisação é de 80%, dos 9,5 mil servidores. Os serviços essenciais como a emissão de certidões de óbito e casamentos (pré-agendados), bem como a concessão de Habeas Corpus, serão mantidos.

De acordo com o diretor financeiro do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sinpojud), José Valdice, cerca de 800 servidores, que estão acampados na Assembléia Legislativa, pressionam os deputados a votar o projeto de lei que regulamenta o plano de cargos e salários da categoria.

Em entrevista ao site Consultor Jurídico, o diretor do Sinpojud afirmou que o Judiciário baiano não é independente. “Nós saímos de um governo de 30 anos do Antônio Carlos Magalhães onde o Executivo sempre impôs ao Judiciário quanto ele devia gastar. Hoje, o governo Jacques Wagner, ao contrário do que a gente imaginava, mantém essa política”.

José Valdice afirma que há perspectiva de o projeto ser votado em até dois dias, mas destacou que os aliados do governo vem trabalhando para que não haja quórum em plenário. “A oposição, que é maioria na casa, está com os trabalhadores”, encerrou o sindicalista.

Governo baiano reage

A assessoria de comunicação do governo do estado da Bahia reagiu às manifestações do diretor financeiro do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Bahia (Sinpojud), José Valdice.

“O governo do estado, ao nomear recentemente desembargador de Justiça indicado pela OAB, aprovou o nome mais votado pela Ordem. Mesmo caso quando da eleição da desembargadora Silvia Zarif (atual presidente do TJ-BA). O governo não interferiu na escolha e sacramentou a opção do Judiciário”, afirmou um assessor.

 é repórter do site Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 16 de junho de 2008, 18h35

Comentários de leitores

1 comentário

Têm sofrido muito o Poder Judiciário da Bahia. ...

Luís da Velosa (Advogado Autônomo)

Têm sofrido muito o Poder Judiciário da Bahia. Os serventuários, que se dedicam com zelo e competência, às suas nobres funções, vê o descaso que se acerca da reciprocidade que nunca vem, e se vem, chega pobre, famélica, esfarrapada. NãO É ISSO QUE SE QUER! O QUE SE QUER É JUSTIÇA!

Comentários encerrados em 24/06/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.