Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Continuação Assim, tem-se por demonstrado que ...

ANS (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Continuação Assim, tem-se por demonstrado que os conceitos técnico-jurídicos de qualificação profissional e requisito são essenciais à natureza e objetivo da exigência feita aos Bacharéis em Direito para que possam advogar, e que estes são desvinculados da exigência exame de ordem. Também, resta demonstrado que o exame de ordem não possui qualquer conceituação técnico-jurídica que permita verificar sua legitimidade para restringir o exercício profissional de quem possui aptidão para inserção no setor da advocacia. Por derradeiro, fica claramente identificado que o exame de ordem, além de descumprir vários ordenamentos da Lei Maior, viola garantias constitucionais de mais de 2 milhões de cidadãos brasileiros, mediante usurpação de competências exclusivas do Estado Brasileiro promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil, bem como não possui conceituação técnico-jurídica.

O EXAME DE ORDEM É INCONSTITUCIONAL 1. “N...

ANS (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O EXAME DE ORDEM É INCONSTITUCIONAL 1. “Ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, senão por força de Lei; 2. O ato administrativo – provimento – que regulamenta o exame de ordem foi editado pelo Conselho Federal da OAB, não tem força de Lei; 3. A competência para regulamentar leis federais é privativa do Presidente da República; 4. A qualificação profissional decorre de processos educacionais formativos visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho; 5. O requisito exame de ordem não guarda compatibilidade com a qualificação profissional decorrente de processos formativos, sendo indevida sua utilização como fundamento para aplicação como limitação ao exercício profissional; e, 6. Os graduados em quaisquer cursos superiores estão aptos a serem inseridos nos setores profissionais respectivos a partir da colação de grau, inclusive os graduados em Direito.

Ufa!!!! Achei que ninguém fosse dar conta desse...

Bertolão (Advogado Autônomo - Dano Moral)

Ufa!!!! Achei que ninguém fosse dar conta desse absurdo que a OAB vem fazendo há alguns anos!!! É no mínimo vergonhosa a forma como a OAB seleciona seus novos membros. E o pior é que não vejo com bons olhos os novos Advogados que se submetem calados a algumas arbitrariedade como esta. Tenho a impressão de que se estes novos Advogados - ou candidatos ao cargo - não cuidam de seus próprios interesses, calando-se diante de tal absurdo, também não poderão cuidar com necessário zêlo dos interesses dos seus futuros clientes.

Desde a época em que prestei o exame de ordem (...

Parquet (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Desde a época em que prestei o exame de ordem (isso há mais de 3 anos) que a bagunça impera! Me lembro até que divulgaram o resultado sem que todas as provas estivessem corrigidas. Isso sem contar a ausência de critérios na correção da prova prático-profissional. Pelo visto a desordem continua...

Ué, isso eu não sabia. O resultado do recurso s...

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

Ué, isso eu não sabia. O resultado do recurso só é fornecido APÓS A SEGUNDA FASE? COMO ASSIM? Se for isso, seria uma afronta ao direito do inscrito. OAB OAB!!!

Comentar

Comentários encerrados em 20/06/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.