Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acordo com consumidor

Volkswagen divulga regras para fazer recall do Fox

A Volkswagen do Brasil aceitou fazer o recall para a troca do mecanismo de rebatimento do banco traseiro dos modelos Fox, CrossFox e SpaceFox. Pelo menos, oito pessoas tiveram os dedos decepados e 14 ficaram feridos após manusear peça instalada no banco traseiro para ampliar ou diminuir o espaço do porta-malas.

Em reunião, nesta segunda-feira (2/6), no Ministério Público de São Paulo, a empresa apresentou laudo do Inmetro e do Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT), que aprova a solução adotada para evitar acidentes no momento em que o banco é movimentado.

O aviso para que os donos do modelo Fox façam o recall começa a ser veiculado a partir desta terça-feira (3/6), em anúncios de TV, rádio e jornais e ficarão no ar por 15 dias. A montadora já vendeu 293.199 unidades do veiculo com esse problema. No entanto, a Volkswagen vai convocar todos os donos de modelos Fox produzidos no Brasil, um total de 511.116 unidades.

Estavam presentes na reunião representantes do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, do Procon, do Ministério Público Federal em São Paulo e dos Ministérios Públicos de São Paulo e Bahia. A apresentação do estudo estava prevista em Termo de Ajustamento de Conduta, assinado em abril.

Pelo estudo, devem ser instalados componentes adicionais no mecanismo, fixadas novas etiquetas de orientação e de alerta e fornecidos complementos informativos ao manual. Os países da América Latina e África para onde os modelos são exportados serão comunicados e definirão a ação a ser tomada de acordo com sua legislação. No total, 119.392 unidades com o banco especificado circulam nesses mercados.

A empresa enviará cartas aos clientes, sugerindo que marquem data e horário para comparecer ao concessionário. Também vai manter um telefone (0800 019 8866) e um site.

Leia a ata do acordo.

Revista Consultor Jurídico, 3 de junho de 2008, 11h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/06/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.