Consultor Jurídico

Artigos

Reencontro com o passado

O reconhecimento jurídico das comunidades quilombolas

Comentários de leitores

6 comentários

Não há muito o que argumentar. Só não enxerga q...

Obstinado J. J. Brilhante (Bacharel)

Não há muito o que argumentar. Só não enxerga quem não quer... Os titulares das terras são as populações quilombolas que chegaram antes, e, muitas vezes, lá estão desde a abolição. O que ocorre é simplesmente que os grileiros ou "agricultores" invadem a terra alheia (se aproveitando do nosso péssimo sistema de registro de propriedade imobiliária) para aumentar a produção ou vender as áreas invadidas . Agem se valendo da força, expulsando as comunidades originais. É o velho uso da esperteza para se aproveitar de quem é mais fraco. Principalmente no interior, os grandes podem/puderam invadir as terras quilombolas contando com a impunidade, já que conhecem delegado, juiz, promotor, prefeito, etc. Agora dizem que não sairão de onde estão porque contribuem para a agricultura, etc. Assim é muito fácil "manter a economia"...

A questão é muito séria, como menciona o amig...

Richard Smith (Consultor)

A questão é muito séria, como menciona o amigo Lucas, logo abaixo. Até quando iremos permitir a ação desassombrada dessa putada que domina as redações, as universidades e os meios de comunicação em geral e que querem espalhar a cizânia entre o povo? Reportem-se aliás à matéria da Folha de S.Paulo da semana passada ainda, que publica um levantamento do DATAFOLHA que mostra que a maioria dos jovens tem posições conservadoras e que poderiam ser chamadas "de direita". E isso a despeito da intensa manipulação e intoxicação ideológicas que sofrem! Aonde e por quem os chamados "de direita" e que representam a maioria da população são representados?! Unamo-nos pois. E, abaixo esta putada "que aí está"! De uma vez por todas.

Ô amigo E.Coelho: Passa aqui pra me pegar ...

Richard Smith (Consultor)

Ô amigo E.Coelho: Passa aqui pra me pegar também.

1/3 para quilombolas, 1/3 para índios e 1/3 par...

E. COELHO (Jornalista)

1/3 para quilombolas, 1/3 para índios e 1/3 para o MST. Tô indo embora...

O que a esquerda com os chamados quilombolas, e...

Lucas Janusckiewicz Coletta (Advogado Autônomo)

O que a esquerda com os chamados quilombolas, e destruir o agronegocio brasileiro, pois sao os fazendeiros que mantem a economia brasileira, apesar dos abusivos impostos, como tambem, se a tese inconstitucional dos quilombolas baseadas no direito alternativo vier a ser aceita, ninguem mais ira porduzir pois se nao vale a propriedade registrada em cartorio pelo simples fato de um terceiro se dizer quilombola e proprietario, levara a quebra de todo um setor produtivo, tranformando o Brasil num verdadeiro camboja, quando nao numa guerra racial entre supostos brancos e negros onde todos os brasileiros so tem a perder.

a única forma de pensarem nas minorias, é reser...

analucia (Bacharel - Família)

a única forma de pensarem nas minorias, é reservar vagas nos seus concursos para os mesmos. Assim, o ideal é que o juiz e o promotor sejam quilombolas.

Comentar

Comentários encerrados em 7/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.