Consultor Jurídico

Notícias

Assistência judiciária

TCE não proibiu inscrições de advogados, diz Defensoria

Comentários de leitores

8 comentários

Soube que no último concurso para Defensores, d...

Ramos Jr. (Advogado Autônomo)

Soube que no último concurso para Defensores, deixaram de aprovar canditados por questões orçamentárias, pasmem Senhores. E entres os aprovados, ...., vários, deixa pra lá vai.

É isso aí colegas Murassawa e Abreu. Em um ano ...

Ramos Jr. (Advogado Autônomo)

É isso aí colegas Murassawa e Abreu. Em um ano tive somente 3 nomeações ganhando pouco menos que R$ 1.000,00 menos de R$ 100,00 por mês. E houve-se falar que tem advogado que sobrevive do Convênio, ora, pura propaganda eleitoreira.

Tá na hora de parar com essa briguinha que não ...

Murassawa (Advogado Autônomo)

Tá na hora de parar com essa briguinha que não leva a nada e só prejudica quem precisa que é o pobre, ou seja, está provado que pobre nasceu para ser massa de manobra de todos, inclusive da OAB E DEFENSORIA.

analucia (Família - - ) 29/07/2008 - 22:19 é ...

analucia (Bacharel - Família)

analucia (Família - - ) 29/07/2008 - 22:19 é o monopólio de pobre que instalou no Brasil. O ideal é como na Europa e nos Estados Unidos em que o pobre requer a gratuidade e comprova a renda mensal, se deferida, recebe um documento e pode escolher o seu advogado de confiança. E o Estado paga o mesmo. No Brasil o pobre está refém de interesses corporativos, que impedem até mesmo que outros atendam neste setor como faculdades, advocacia pro bono, ONGs. É mais um meio de dominaçao do pobre camuflado de proteçao. Se fizerem perguntas como qual a idade das pessoas atendidas, qual o sexo, qual a renda mensal, qual a profissáo, qual o grau de estudo, qual o tipo de demanda, quais os resultados ?? Náo saberáo responder, pois querem apenas o dinheiro e náo se preocupam com o usuário e a eficiëncia do sistema.

Com certeza nenhum advogado irá passar fome sem...

abreu (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Com certeza nenhum advogado irá passar fome sem essa famigerada assistência cujos honorários pagos aviltam a nossa classe. Sejamos dignos, lutemos pela nossa classe, nosso trabalho sempre foi e sempre será de muito valor.

O pior, para os advogados que atuam na assistê...

Hipointelectual da Silva (Outros)

O pior, para os advogados que atuam na assistência, é que se o convênio não for revisto, numa eventual hipótese de restabelecimento haverá redução de honorários face a alteração de ritos pela lei que instituiu o "Novo Processo Criminal". Muita coisa que era ordinário passará a ser sumário, com honorários bem inferiores, principalmente se considerarmos a forma tentada, já que, pela nova lei (a partir de 22/08/08)o que diferenciará os ritos será a quantidade de pena e não mais reclusaõ/detenção. Haverá sobra de dinheiro na Defensoria e os advogados terão redução nos honorários. Porém, como a Defensoria, nesse momento histórico, não está atendendo a população (só nos casos de flagrante haverá atendimento), caberá inúmeras ações de indenização em face da Fazenda Pública. Será que vale a pena a economia pretendida pela defensoria e pagar idnenizações exorbitantes mais tarde??? A saída senhores defensores parece-me que é a seguinte: Flexibilizem-se e renove-se o convênio com a OAB, a Defensoria já está nas mãos dela. E, enquanto não expira o novo convênio, vai estruturando a Defensoria, com abertura de concursos, para evitar que o problema se repita antes de expirar o novo convênio. Sr. Serra, quem diria hein???? Que lambança!!!

Parabens pela retificação.

ronlima (Outro)

Parabens pela retificação.

O desemprego esta grande...fecharam a torneira ...

Daniel (Outros)

O desemprego esta grande...fecharam a torneira e como vao sobreviver a maioria dos advogados ? A OAB poderia fazer assim : isentar de taxas e anuidades todos os que ficaram sem "emprego" na defensoria.

Comentar

Comentários encerrados em 6/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.