Consultor Jurídico

Comentários de leitores

14 comentários

Este é um momento de reflexão e não de jurispru...

Dr. Marcelo Galvão SJCampos/SP - www.marcelogalvao.com.br (Advogado Sócio de Escritório)

Este é um momento de reflexão e não de jurisprudenciar sobre isto ou aquilo. Caro colega Jediael, esteja onde estiver, que Deus acompanhe sua alma e conforte os familiares, que aqui na terra ficaram inconformados com sua triste partida.

Resido em São José dos Campos e estou retornand...

VanderlanCarvalho (Advogado Autônomo - Civil)

Resido em São José dos Campos e estou retornando do sepultamento deste “justo juiz”, após um solene e edificante culto na Primeira Igreja Batista, onde os muitos presentes fomos premiados com quase uma dezena de comoventes testemunhos, inclusive da ilustre presidente do E. TRF3, Desª. Marli Ferreira e também do Des. Carlos Muta. Falar do bom juiz, do bom Cristão, do bom homem família Jediael é muito fácil, e o espelho da bondade, honradez e dignidade foi visto naquela espaçosa Igreja, pela quantidade e qualidade dos presentes, desde que seu corpo lá chegou, até o momento da retirada para o sepultamento. E sua tão precoce partida nos leva a tangenciar as raias da indignação, pela ausência de tão honrado ser humano e capacitado magistrado, vitimado por acidente rodoviário, que praticamente é recordista na matança no país. A lacuna deixada por julgador de tantos bons predicados, representará verdadeiro “abismo”, que tão cedo não será “aterrado”. Outro exemplo digno de reparo e perpetuar na lembrança dos muitos que tiveram a honra de compartilhar com momento de rara dor, foi a fé demonstrada pelos familiares, digna de registro. Oportuno para mim, que também tive o irmão caçula ceifado em trágico acidente na Via Dutra, bisar o tema que meus aqui antecessores relevaram a lembrança, de que a bem-vinda “lei seca” que muito já diminuiu iguais trágicos episódios, esteja sendo repelida por colegas do já saudoso Jediael, por isso, colho desta triste manifestação, a oportunidade de concitar os cidadãos de bem - operadores ou não do direito - para que nos unamos na defesa da permanência incólume desta lei “anti-etílica”, que entendo “já pegou”, e que tenha “vindo para ficar”. Que Deus console e conforte os familiares do eminente desembargador Jedial.

Sem dúvida o luto é geral. Apesar de não ter co...

Professor da Universidade Federal Fluminense (Professor Universitário - Internet e Tecnologia)

Sem dúvida o luto é geral. Apesar de não ter conhecido o Ilustre Juiz, pelas colocações, até o presente momento, tenho a certeza de sua conduta. E o alerta do nosso Promotor Artur deveria ser levada em consideração: trafega-se sem segurança. Ainda assim defendem a inconstitucionalidade da Lei Seca. E, mais, acabaram com nossos trens...

Triste a nota. Oportuno lembrar que a Justi...

M.P. (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Triste a nota. Oportuno lembrar que a Justiça não costuma INTERDITAR estradas horrorosas, sem condições mínimas de uso, e muito menos exigir que tenham condições de tráfego, acostamento, com suas interpretações pró-administração, pois este acódãoes se transformam em $$$ à mais nos orçamentos dos tribunais. De lembrar que são 50 mil mortes no trânsito por ano no Brasil -praticamente o mesmo n° de soldados americanos mortos no Vietnã. E ainda há DESEMBARGADORES dando liminares contra a "Lei Seca".

Jediael era jovem, alegre, excelente magistrado...

Janice Agostinho Barreto Ascari (Procurador da República de 2ª. Instância)

Jediael era jovem, alegre, excelente magistrado - um dos melhores do TRF3. Querido e respeitado por todos, era muito trabalhador, ponderado, verdadeiramente preocupado com o jurisdicionado. Uma profunda tristeza tomou conta de todos os que com ele convivíamos. Estamos inconsoláveis com a perda prematura e irreparável do profissional e do amigo. Que Deus dê força, conforto e resignação à família e que o acolha lá em cima com todo o carinho que Jediael merece.

Meus sentimentos à todos os familiares. À todos...

Alessandro Carvalho (Estudante de Direito)

Meus sentimentos à todos os familiares. À todos os amigos e companheiros do ainda jovem magistrado do Egrégio TRF da 3ª Região. Que Deus esteja com ele neste momento, e confortando sua família.

Quero transmitir a família e aos pares do Dese...

Antonio Manoel Bandeira Cardoso (Advogado da União)

Quero transmitir a família e aos pares do Desembargador falecido meus sentimentos, e dizer que não vejo nenhum problema em suspender pelo menos um dia os trabalhos do Tribunal em sinal de luto, até porque não creio que os Desembargadores e funcionários que trabalhavam com ele possam trabalhar como se nada houvesse acontecido.

O desembargador merece todas as homenagens, não...

Jornalista Pereira (Jornalista)

O desembargador merece todas as homenagens, não se trata disso, não o conhecia, mas imagino que era pessoa de bem, lamentável, mas não me consta que o TJ ou o STJ suspendam atividades quando falece um de seus integrantes, aliás, e quando morrem servidores, ocorre o mesmo? A hora não é própria para o comentário, talvez, já que alguns podem misturar a dor, que é enorme em razão do falecimento com o questionamento, mas se eu morrer amanhã, não me parece que o comércio cerrará suas portas. A minha loja tudo bem, mas ela é minha. De qualquer modo, vamos manter silêncio, pq a hora e o local não comportam divergências, mas orações. Que a luz esteja com ele e com todos nós.

45 anos! Minha idade! Mais uma vítima precoce d...

Roger (Bacharel)

45 anos! Minha idade! Mais uma vítima precoce da desordem rodoviária brasileira...Meus sinceros pesares à família e aos amigos e faço neste momento uma singela oração pela paz de sua Alma.

hj é um dia muito triste para toda a magistratu...

Italo Calvino (Juiz Federal de 1ª. Instância)

hj é um dia muito triste para toda a magistratura federal! Merece sim , a sua morte, o fechamento e o luto de todo um Tribunal. Nao somos máquinas de fazer sentenças, e sim seres humanos, e sentimos muito o passamento de nosso tao querido colega, tao jovem e cheio de vida, cortado da vida, quando ia para a sua casa, em SJCampos, apos um dia inteiro de arduo trabalho.... Minhas condolencias a toda a sua familia... nao ´há palavras para expressar tao profunda perda...

Lamento muito a morte do desembargador, é absur...

Jornalista Pereira (Jornalista)

Lamento muito a morte do desembargador, é absurdo que um caminhão pare no meio da pista, isso é resultado não apenas de estradas mal fiscalizadas, mas também de frota sucateada, motoristas despreparados, etc. Infra-estrutura zero. O magistrado é digno de todas as homenagens, mas, apesar da hora imprópria, não é correto fechar um tribunal e suspender o expediente em razão disso, há milhares de pessoas esperando uma solução de seus processos, velhinhos à míngua esperando aposentadoria. Assim, com todo respeito à memória do de desembargador, que Deus o tenha, ele merece todas as homenagens, mas não o fechamento do tribunal.

Todos lamentamos o trágico acidente, sou um usu...

Gervasio (Advogado Autônomo)

Todos lamentamos o trágico acidente, sou um usuário da rodovia presidente Dutra diariamente, pois moro em Arujá e trabalho na cidade de Guarulhos, vejo coisas absurdas acontecerem, os imprecindiveis caminhões trafegando por todas as faixas, peruas de lotação abarrotadas de gengte e em alta velocidade, acidentes com moto é rotineiro, alguns trechos não tem acostamento, mas fiscalização que é bom nada, a Festejada Policia Federal, faz suas blitz nos acessos a Rodovia, enquanto os absurdos continuam a acontecer, mas não é só isso a Nova Dutra, não tem feito obras para melhoria no transisto principalmente no trecho urbano de Guarulhos, mas o pedagio é cobrado sem o menor constrangimento, aos familiares do Desembargador, que Deus lhes conforte nesse momento dificil, mas é preciso fiscalizar!!!

Passou da hora das autoridades monitorarem as e...

Armando do Prado (Professor)

Passou da hora das autoridades monitorarem as estradas "pedagiadas" evitando que carros quebrados sejam causas de tragédias como essa, plenamente evitáveis.

Paz e luz. Otavio Augusto Rossi Vieira

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Paz e luz. Otavio Augusto Rossi Vieira

Comentar

Comentários encerrados em 2/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.