Consultor Jurídico

Artigos

Capítulo da fábula

Protógenes parece ignorar essência do trabalho da imprensa

Comentários de leitores

16 comentários

Esse curso que vai fazer em Brasília certamente...

Luiz Fernando (Estudante de Direito)

Esse curso que vai fazer em Brasília certamente fará bem ao delegado Protógenes. Talvez ele até esqueça o número do telefone da TV Globo.

Só estou estranhando que o MST já está há mais ...

Lauro Caversan (Professor)

Só estou estranhando que o MST já está há mais de 24 horas na Fazenda do Dantas e ainda não saiu nenhum "Habeas Fazenda". A justiça já está ficando lenta. Há poucos dias, em menos de 24 horas o Sr. Dantas foi beneficiado com dois. Enquanto isso muita gente presa injustamente (ou não) espera há mais de um ano para merecer qualquer atenção. É CLARO QUE NÃO SÃO BANQUEIROS, NEM COMPADRES.

Rio, 25/07/08 Senhores. O fato é que, e eu JU...

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Rio, 25/07/08 Senhores. O fato é que, e eu JURO que não quero JUSTIFICAR, mas tento apenas explicar, os PROFISSIONAIS NÃO PODEM, em certas áreas, FICAR senão por um BREVE tempo no exercício de certas atividades. A diuturna convivência com FRAUDES, DESCONSTITUIÇÃO de ÉTICA, MENSALÕES, ESQUEMAS ATIVOS de CORRUPÇÃO faz com que as PESSOAS, os CIDADÃOS possam passar a DUVIDAR da IDONEIDADE da PRÓPRIA SOMBRA. Acho que isso ocorreu com o DELEGADO PROTÓGENES e com o JUIZ que parece ter sido por ELE CONDUZIDO e DIRIGIDO a DEFERIR seja lá o que fosse, com subserviência e ogeriza ao próprio sistema DEMOCRÁTICO em que vive. Como assinalou o Ministro Gilmar Mendes, em seu BRILHANTE e PIONEIRO VOTO, há um momento em que os AGENTES do ESTADO fazem com que o que CHAMAM de INTERESSE COLETIVO se sobreponha ao próprio INTERESSE dos CIDADÃOS, e tudo passa a ser válido, porque seria interesse coletivo! Mas, ATENÇÃO, pelo que se vê, chegado da Europa, da Itália, é que a REDE de PRESSÃO que se abateu sobre as AUTORIDADES BRASILEIRAS LÁ TAMBÉM tentou calar TODOS que ERAM OPOSIÇÃO ao seu próprio esquema. Não jogo no time do OPPORTUNITY, mas o fato é que parece ter sido, efetivamente, uma vítima, nesse caso!

Esse Protógenes é um misto de pai-de-santo com ...

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Esse Protógenes é um misto de pai-de-santo com Che Guevara, considera-se o libertador dos pobres sem saber que é um fascista, ditadorzinho e petelho, os fins justificam os meios, bem à moda ultrapassada de Stalin et caterva. Sugiro processá-lo e ensinar para ele o que é um devido processo legal. Pergunto a ele: Por que ele nao prende e mete umas algemas no cumpadre Teixeira que ganhou 5 milhes de dólares às custas da Varig ! As provas estao ai. Onde está a P.F.?

"Com sua acusação infundada, leviana, o delegad...

Botelho Pinto, o Chato (Outros)

"Com sua acusação infundada, leviana, o delegado Protógenes não ofende só a mim, uma profissional com 25 anos de carreira sem qualquer suspeição, mas a todo o time de profissionais do Valor, ao pôr em dúvida a seriedade do jornal". Além de julgar a todos, agora a imprensa acha que pode julgar a si própria e se absolver. Toda operação policial tem erros e essa teve alguns, mas o resultado da operação e o absurdo cometido pela organização criminosa deveria ofuscar os erros da operação, e o contrário está acontecendo. Agora a jornalista vem dizer que é uma profissional "sem qualquer suspeição". Isso vale para a sua opinião, prezada senhora, não para as outras pessoas. Que tipo de pessoa acha que passa 25 anos numa profissão sem cometer erros ou atos que fomentem suspeição? Sua suposta perfeição é uma suposição sua, não de outrem. Muito se sabe sobre as negociatas que acontecem nas redações de jornais, sejam elas de economia, política ou nas colunas sociais. A quem a senhora quer enganar?

D. Dantas vai chegar a conclusão que de não era...

gilberto (Oficial de Justiça)

D. Dantas vai chegar a conclusão que de não era preciso comprar, por $ 1.000.000,00, um delegado (se que o flagrante não fora forjado) para tentar escapar de alguma acusação. O próprio relatório do Del. Protógenes se encarregará disso. Vai ser difícil alguma ação penal se sustentar baseado apenas no inquérito policial.

Muito bem se houve, na sua manifestação, aliás,...

Luís da Velosa (Advogado Autônomo)

Muito bem se houve, na sua manifestação, aliás, como sempre, a jornalista Vera Brandimarte.

As polícias precisam aprender a conviver com as...

Luís da Velosa (Advogado Autônomo)

As polícias precisam aprender a conviver com as idiossincrasias do capitalismo, e de outros sistemas de variado matiz. Não é somente o capitalismo, mas esse monstrinho é quem está dando as cartas com toda a força, em toda a humanidade. E, agora, hipertrofiou-se de tal forma em grandes conglomerados, numa emulação (nada hilariante) semelhante àquela entre Tom&Jerry. Mas, logo veremos o seu epitáfio. Claro, quando se começa a violentar as forças fundamentais da economia, está na hora de outro regime. Aliás, o papa João Paulo II, e, antes dele, Alceu Amoroso Lima (para citar apenas esses dois gigantes do pensamento), reclamavam essa "aparição do novo".

Parabéns à aticulista. Quando ao destemido d...

Comentarista (Outros)

Parabéns à aticulista. Quando ao destemido delegado, até mesmo a Fenapef já divulgou nota criticando seus "metodos"... E quanto ao desobediente, nem "notinha de rodapé" sai mais ao seu respeito. Aliás, por onde andam os destemidos subscritores das famosas "notinhas de apoio" ao desobediente?!? Hehehe...

O pior de tudo é o enriquecimento sem causa de ...

Vitor M. (Advogado Associado a Escritório)

O pior de tudo é o enriquecimento sem causa de uma certa poderosa emissora que, misteriosamente, tem a exclusividade das imagens e informações e o fato do segredo de justiça ser jogado às favas sem qualquer conseqüência para os culpados.

Então é isso; PF e imprensa estão se assemelhan...

Mauro (Professor)

Então é isso; PF e imprensa estão se assemelhando e muito em seus métodos de investigação. De uma fagulha incendeiam o palheiro. É difícil saber em quem acreditar, pois existem no Brasil, ao mesmo tempo, a impunidade em relação à políticos e figuras públicas, e a difamação contra políticos e figuras públicas.

Senhora Teresa: A Justiça nunca enxungou uma lá...

Polly (Estudante de Direito)

Senhora Teresa: A Justiça nunca enxungou uma lágrima de ninguém... A repreensão policial-judiciária no Brasil, inciou-se em 1964, com a edição do AI n. 1 e, entre "" perdura até hoje...

Mais uma do Delegado Trapalhão com mania de per...

Ronaldo dos Santos Costa (Advogado Sócio de Escritório)

Mais uma do Delegado Trapalhão com mania de perseguição.

São os corvos comendo os olhos de quem os cria...

LHS (Advogado Sócio de Escritório - Criminal)

São os corvos comendo os olhos de quem os cria...

Talvez isso sirva para demonstrar, aos profissi...

João G. dos Santos (Professor)

Talvez isso sirva para demonstrar, aos profissionais da imprensa, que jamais se pode julgar e execrar com base nas conclusões ou suspeitas da Polícia ou mesmo do MP. Recorde-se o caso da escola Base. Arriscaria dizer que são exceções os policiais efetivamente preparados.

Arriscaria afirmar, que o tal protogenes ignora...

Atento (Outros)

Arriscaria afirmar, que o tal protogenes ignora muitas outras coisas, inclusive muitas do mundo jurídico. É uma pena, estragou um trabalho que poderia ser brilhante.

Comentar

Comentários encerrados em 1/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.