Consultor Jurídico

Notícias

Excesso policial

Tarso Genro reconhece que abusos da PF alimentam impunidade

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

28 comentários

Tanto o MP (Promotores e Procuradores) quanto a...

Domingos da Paz (Jornalista)

Tanto o MP (Promotores e Procuradores) quanto a Policia (Delegados e agentes) são males necessários a sociedade, ambos são educados nas “escolinhas patrocinadas pelo Estado” para alimentarem a desobediência ao Estado Democrático de Direito neste país. Tal são os métodos truculentos apenas empregados durante o Regime de Exceção (Regime Militar), mas que, estão em plena atividade destes “monstros”, haja vista que ambos desrespeitam os mais elementares direitos constitucionais dos cidadãos tais como: I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição; - II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa se não em virtude de lei; - III - ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante; - XXXVII - não haverá juízo ou tribunal de exceção; - XL - a lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu; - LIV - ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal; - LV - aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes; - LVI - são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos; -LVII - ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória; - Portanto, ambos os “poderes do MP e Policia” são males necessários a sociedade até o dia em que essa mesma sociedade resolver colocar a “casa em ordem”, enquanto isso é bom que estes “empregados do povo” se calem e passem a respeitar os seus patrões, o povo e os cidadãos que tem constantemente seus direitos constitucionais maculados por estes “grupelhos” que se julgam autoridades, e tenho dito.

É de matar de pena o que está acontecendo com e...

Carlos o Chacal (Outros)

É de matar de pena o que está acontecendo com esses suspeitos da operação Sartiaraha. Não foram torturados, não passaram mais do que alguns dias na cadeia (horas, num caso), são ricos e podem pagar excelentes advogados ... mas foram expostos à mídia, como aliás sempre acontece nas operações policiais que prendem os bandidos das favelas. Meu Deus! Quanta injustiça!

Dá nojo assistir a decadência da república bras...

jorge.carrero (Administrador)

Dá nojo assistir a decadência da república brasileira nas mãos de uma dúzia de terroristas, alucinados e hipócitas. E a tendência é piorar...

Esses erros provam que o inquérito policial é u...

Almir Sobral (Funcionário público)

Esses erros provam que o inquérito policial é uma peça anacrônica que propicia o abuso da chamada autoridade policial. Inquérito policial e delegado devem ser extintos, a exemplo dos demais países onde tais figuras inexistem e a respectiva polícia apenas investiga os delitos, cumprindo o seu verdadeiro papel, deixando as inquirições formais para a Justiça e o Ministério Público. Enquanto houver a dita “autoridade policial” e essas modificações não emergirem em nosso regime jurídico, o clima será sempre favorável para o abuso policial e a violação indevida da boa reputação de pessoas.

Rasgar correspondencias,grampear telefones,inva...

Joaca (Consultor)

Rasgar correspondencias,grampear telefones,invadir residencias algemar suspeitos,são coisas tipcos do Gov. Nrte Americano,Richard Nixon.Ao tentar unir a CIA e o FBI,para desastibilizar seus opositores.O que a PF está fazendo com a OAB e o STF? Os Petistas já acuaram o Senado e o Congresso,só falta o STF.Numa democracia isto não é possivel,e Nixon sofreu o impeachiment,pela culatra que investiga o Presidente LULA?.

Quer dizer então que para o ministro Tarso Genr...

Zerlottini (Outros)

Quer dizer então que para o ministro Tarso Genro botar vagabundo na cadeia é abuso de poder? Só podia vir de um ministro do molusco, mesmo... O que ele tem de fazer é acabar com esta festança com o nosso dinheiro: a PF gasta uma "baba" pra prender os caras e a "justiça" os põe na rua, no dia seguinte. Isso sim, é abuso: fazer a PF de uma troupe de palhaços, incompetentes. Francisco Alexandre Zerlottini. BH/MG.

Tarso Genro pode ficar tranquilo por que o judi...

Comentarista (Outros)

Tarso Genro pode ficar tranquilo por que o judiciário tupinquim tem chefe com nome e sobrenome, ou seja: GILMAR MENDES. E o destemido presidente do Supremo "botou ordem na casa" (literalmente) e, com apenas uma canetada, mostrou que por aqui ainda há hierarquia e vige o estado democrático de direito. Viva Gilmar Mendes, que mostrou que não há espaço para desobedientes recalcitrantes no nosso judiciário.

Certamente há algo de errado em tudo isso e que...

J. Ribeiro (Advogado Autônomo - Empresarial)

Certamente há algo de errado em tudo isso e que precisa ser esclarecido a sociedade. Não podemos conviver com maus e/ou incompetentes servidores públicos, estes devem ser responsabilizados, administrativa, civil e criminalmente, pelo que fazem de errado. É necessário identificar os “Robin Hood” tupiniquins (roubam dos ricos e dividem com os pobres. O original, da Floresta Sherwood, roubava dos ridos para dar aos pobres). A sociedade civil precisa abrir os olhos e se organizar antes que transformem este país numa República Federativa dos Servidores Públicos do Brasil, onde todos os cidadãos são desonestos e "eles" são os únicos honestos. É importante que os bons servidores (que são a maioria) não podem deixar que esses "Robin Hood", escondidos em associações e sindicatos, com suas falsas ideologias, continuem prejudicar os direitos dos cidadãos, tão carentes em nossa sociedade. É por isso que este país (aqui os cidadãos que eles dizem desonestos, por não serem servidores públicos) gasta suas energias andando como em esteiras (não sai do canto onde está) para continuar bancando o desperdício público, altos salários e gastos públicos com pessoal. Enquanto isso, não obstante recordes na arrecadação, não há dinheiro para a saúde, educação pública de qualidade, saneamento básico, segurança pública, etc, etc.

Tarso Genro, chega! Vai trabalhar vai.

Dr. Marcelo Galvão SJCampos/SP - www.marcelogalvao.com.br (Advogado Sócio de Escritório)

Tarso Genro, chega! Vai trabalhar vai.

Se não fosse o ministro Gilmar Mendes o espetác...

João G. dos Santos (Professor)

Se não fosse o ministro Gilmar Mendes o espetáculo iria continuar prosperando. E a mentira de pernas longas iria continuar em seu ciclo do "me engana que eu gosto". Agora o estado-policiail-grampeador-pirotécnico começa a se sentir emparedado por seus próprios criadores.

Me parece que o Sr. Ministro está mudando o dis...

HERMAN (Outros)

Me parece que o Sr. Ministro está mudando o discurso, bradou cheio de si contra os primeiros envolvidos, depois, com o aparecimento de pessoas ligadas a Casa Civil, diz que houve abusos.

A POLICIA PODE MUITO BEM FAZER TODO SEU TRABALH...

Augustão (Prestador de Serviço)

A POLICIA PODE MUITO BEM FAZER TODO SEU TRABALHO SEM ARMAR ESTE CIRCO, QUE SÓ BENEFICIA O O INVESTIGADO, CONCORDO PLENAMENTO COM O MINISTRO E A LIBERAÇÃO DOS ENVOLVIDOS DESTA OPERAÇÃO DE DANIEL DANTAS PELO O STF, CONHEÇO ALGUNS POLICIAIS FEDERAIS QUE TRABALHAM EM SILÊNCIO E OS PROPRIOS DIZEM QUE É MUITO MAS PROVEITOSO SEM DEIXAR BREXAS NENHUMAS PARA OS ENVOLVIDOS E SÃO AVESSOS A ENTREVISTA.

Ministro, o seu comentário é que faz a imunidad...

Giovannetti (Advogado Autônomo)

Ministro, o seu comentário é que faz a imunidade estar alimentada. O seu comentário faz esfriar o afã da polícia federal de cumprir o seu papél. O seu comentário é o retrato da impunidade.

Até que enfim, o ministro diz alguma coisa que ...

André Cruz de Aguiar - Vironda e Giacon Advogados (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Até que enfim, o ministro diz alguma coisa que tem sentido, ao menos em parte. Ao contrário do que muita gente pensa, quem critica essa "operação" não quer ver picaretas impunes: ao contrário, quer que as coisas sejam da forma certa para que os culpados sejam punidos, e não inocentados por erros grosseiros de quem é pago com dinheiro público para agir de forma correta. Depois, não adianta vir com aquela ladainha de que "a polícia prende e a Justiça solta", que, para mim, é desculpa de funcionário público incompetente.

A afirmação de Tarso, de que falamos ao telefon...

olhovivo (Outros)

A afirmação de Tarso, de que falamos ao telefone com a presunção de estarmos sendo ouvidos, é confissão de que estamos no estado-policial. E a pior possível, na qual policiais alucinados transformam "chope" em "dinheiro", "orçamento de tradução" em "corrupção" e outras aberrações do tipo. Salve-se quem puder.

Daniel Dantas, o terror do PT, do PSDB, do DEM,...

Baraviera (Bacharel)

Daniel Dantas, o terror do PT, do PSDB, do DEM, do PTB, da PQP... A PF foi longe demais. Vai se iniciar a operação No Brasil Se Abafa Tudo.

A verdade é que estou expressando minha indigna...

Gabriel (Estudante de Direito)

A verdade é que estou expressando minha indignação com a corrupção desse país. Isso é repulsivo.

Luís, estou completamente de acordo que deve h...

Gabriel (Estudante de Direito)

Luís, estou completamente de acordo que deve haver pesos e contrapesos sempre. Daí a importancia de um Ministério Público militante em seu papel de controle externo da polícia. Além disso o exército deve garantir a estabilidade de todo o estado no meu onírico modelo estatal, uma vez que, conferir poderes a um ente armado seria algo que poderia culminar em uma ditadura.

Acho que as coisas caminham para melhorar. É pr...

LUÍS  (Advogado Sócio de Escritório)

Acho que as coisas caminham para melhorar. É preciso lei mais rigorosa para abuso de autoridade, pois a o cidadão investido de poderes públicos precisa lembrar 24 horas por dia que a autoridade quem lhe concede é o Estado para agir dentro dos limites da lei. É preciso preservar a profissão do advogado, pois é a única proteção do cidadão diante dos abusos do Estado e do arbítrio. Hoje os advogados são alvos de escutas e devassas em seus escritórios, como alternativa de incriminar os seus clientes suspeitos. Finalizando, houve o tempo em que ser político era motivo de orgulho e respeito. O povo ansiou muito pela democracia, por poder escolher seus dirigentes. Agora os políticos são tratados indistintamente como suspeitos e ladrões. É preciso urgente uma reforma política. A Justiça Eleitoral está legislando diante da inércia dos políticos.

O Tarso Genro é de oposição ou está no governo?...

Luismar (Bacharel)

O Tarso Genro é de oposição ou está no governo? Está no governo, então não devia criticar o colega chefe da PF. O quê? Tarso Genro é o chefe da PF?! Pede pra sair, Tarso Genro!

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 1/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.