Consultor Jurídico

Brecha na lei

Testes clínicos não são suficientes para comprovar embriaguez

Testes clínicos não são suficientes para atestar o estado de embriaguez de um motorista. O entendimento é dos desembargadores da 1ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, ao trancarem ação penal movida contra um jornalista, que se recusou a fazer o teste do bafômetro.

De acordo com os desembargadores, ao fixar limite de concentração de álcool no sangue (seis decigramas), a Lei Seca criou critério técnico objetivo que não pode ser aferido apenas pelo exame clínico. Assim, entendem, só mesmo o etilômetro ou exame de sangue pode assegurar a comprovação de consumo de álcool.

Os desembargadores afirmaram que o novo dispositivo penal é taxativo quanto à configuração da embriaguez ao volante. Mas ponderam que um motorista parado em uma blitz pode se recusar a fazer o teste do bafômetro. Isso porque ninguém pode ser constrangido a produzir prova contra si mesmo.

O jornalista foi preso em abril, quando a chamada lei tolerância zero ainda não estava em vigor. A legislação nova foi aplicada, retroagindo ao caso, por ser mais benéfica ao réu.

Segundo os autos, no caso em questão, mesmo sem o teste do bafômetro ou exame de sangue, a embriaguez foi constatada clinicamente. De acordo com o processo, testemunhas disseram que o jornalista provocou uma batida e, ao deixar o carro, estava tão tonto que quase caiu no chão, informação que consta do laudo da Polícia Civil.

Processo 20.080.020.091.300




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 18 de julho de 2008, 12h16

Comentários de leitores

6 comentários

Parece que o lobby do alcool atua ostensivament...

Bira (Industrial)

Parece que o lobby do alcool atua ostensivamente contra a lei seca.

Eu não espero que deputados, vindos do povo som...

J. Henrique (Funcionário público)

Eu não espero que deputados, vindos do povo somente com a seleção do voto, façam leis perfeitas, com clareza etc., mas essa cambada de técnicos legislativos concursados? O que fazem?

Este pais nao e serio. Estamos caminhando para ...

jose brasileiro (Outros)

Este pais nao e serio. Estamos caminhando para alei do mais forte, quem pode mais chora menos. E cassiso juridido roleta juridica, tudo e na pura sorte...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 26/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.