Consultor Jurídico

Notícias

PF dividida

Delegado não seguiu a boa prática investigativa, diz Fenapef

Comentários de leitores

16 comentários

Aos 30/07/08, seria muito importante que a SOCI...

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Aos 30/07/08, seria muito importante que a SOCIEDADE, por seus representantes, se desse conta de que NÃO se COPIAM bobagens e tolices praticadas em toda parte, mas DEVEM ser COPIADAS as ATITUDES e os ENSINAMENTOS, também, que possam trazer para os CIDADÃOS a restauração da DIGNIDADE e o respeito à INTIMIDADE. Os filmes - curta metragens de séries policiais - americanas deveriam ser de projeção e assistência COMPULSÓRIA para os POLICIAIS BRASILEIROS. As preocupações dos POLICIAIS AMERICANOS, naqueles filmes, bem demonstram - ainda que, na prática, anunciada pela mídia, nem sempre a teoria seja observada! - o VALOR da CIDADANIA e a PREOCUPAÇÃO com a coleta de PROVAS que NÃO POSSAM ser DESMONTADAS ou DESQUALIFICADAS pelos ADVOGADOS, no exercício da DEFESA do ACUSADO! Se o Policial brasileiro, bem como VÁRIOS JUÍZES da MODERNA SAFRA aprendessem naqueles filmes os primários conceitos de RESPEITO da DIGNIDADE HUMANA e do PRINCÍPIO da PRESERVAÇÃO da INTIMIDADE, operações mirabolantes como as que têm sido realizadas pela Polícia Federal, simplesmente no exercício de seus misteres, SERIAM certamente OPERAÇÕES de ROTINA, que NÃO NECESSITARIAM de MÍDIA nem de televisamento! Doutra parte, se VONTADE não CONCRETIZADA fosse crime, NÃO HAVERIA espaço, neste nosso mundo de Deus, para guardar todos os SERES HUMANOS que têm, pelo menos uma vez, um mau pensamento! Se tal "má vontade" JAMAIS for EXECUTADA, no entanto, NÃO COMPREENDEM certos policiais, como NÃO CONSEGUEM entender certos MAGISTRADOS, já que isso parece que NÃO LERAM nos LIVROS que decoraram, NÃO SERÁ JAMAIS CRIME, NÃO PODERÁ JAMAIS ser PUNIDO. Porque uma coisa é a ORDEM de EXECUÇÃO que um BANDIDO dá a um de seus "bonecos", e OUTRA COISA é a atitude que implode nela própria, portanto.

Parece que minhas fraldas incomodam. Lamento...

Victor (Estudante de Direito - Criminal)

Parece que minhas fraldas incomodam. Lamento que a conversa desça a esse nível. Paro por aqui.

Daria uma bela ação indenizatória por danos mor...

Luiz Fernando (Estudante de Direito)

Daria uma bela ação indenizatória por danos morais da jornalista da Folha contra o Sr. Protógenes, porque a expôs publicamente qualificando-a como integrante de organização criminosa, quadrilheira, pedindo sua prisão pelo simples fato de haver publicado notícia sobre assunto que chegou ao seu conhecimento.

O MELHOR COMENTÁRIO FOI O DA LU... LU PARA PRE...

Luiz Fernando (Estudante de Direito)

O MELHOR COMENTÁRIO FOI O DA LU... LU PARA PRESIDENTE !!!!!!

Victor, quando você trocar as fraldas de estuda...

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

Victor, quando você trocar as fraldas de estudante pelo o terno da Advocacia, conversamos. Até lá, apenas respeito sua opinião, mas não vou discutir. Leia o CPP, por favor. acdinamarco@aasp.org.br

Ora, esta foi a primeira operação da P.F. em qu...

Luiz Antonio (Delegado de Polícia Estadual)

Ora, esta foi a primeira operação da P.F. em que os holofotes estavam no lugar certo e na hora marcada??? Obviamente que não! Creio que o cerne dos fatos está sendo desviado. Preocupam-se com o uso de algemas, com a "espetacularização" das prisões, com as entrevistas dos delegados etc., mas se esquecem do principal: "criminosos do colarinho branco, nunca dantes incomodados começaram a ir para a cadeia". É claro que não concordamos com a exposição desnecessária dos presos, assim como quaisquer outros atos aptos a atentar contra sua dignidade, mas daí uma "Federação de classe" se aproveitar do momento para ir contra membros da própria Instituição numa "Nota", disfarçando seu real intuito, só temos a lamentar. Alguns servidores da P.F. defendem a idéia de que naquela Instituição as investigações não deveriam ser comandadas por "Delegados" e sim por qualquer servidor que lá trabalha, alegando que possuem mais experiência. Fui investigador de polícia por muitos anos e posso afirmar, mesmo sendo dentro da mesma Instituição, as funções são bem distintas, haja vista as responsabilidades. Em uma analogia, a polícia não pode se transformar num banco p.ex., onde a pessoa vai dormir "escriturário" e acorda "gerente". Quer ser Delegado?? estude e passe no concurso como tantos fizeram e fazem(Isso dá um trabalho). Agora, virar o jogo no "Tapetão" não dá! Ah, ou consigam emendar a C.F. e demais leis para que isto ocorra!

A FENAPEF perdeu uma grande chance de ficar cal...

Senhora (Serventuário)

A FENAPEF perdeu uma grande chance de ficar calada!!! Esse nota é de sindicalistas que adoram criticar delegados e não perdem a oportunidade de jogar lama no nome de seus chefes, ainda que para isso seja necessário sujar o nome da instituição. A FENAPEF não representa os policiais federais, mas apenas seus próprios interesses.

Sem comentário...

lu (Estudante de Direito)

Sem comentário...

Taí... A verdade nua e crua, vinda da própri...

Comentarista (Outros)

Taí... A verdade nua e crua, vinda da própria Federação Nacional dos Policiais Federais, para os estrábicos funcionais que ainda teimam em defender a "conduta holofote" de alguns... Com a palavra, as viuvinhas inconsoláveis de quem gosta dos holofotes e, é claro, dos desobedientes que teimam em achar que são "deuses"; ou, obviamente, os subscritores das impagáveis "notinhas de apoio"... Hehehe.

Sr. Dinamarco, não faça retórica. Os advogados ...

Victor (Estudante de Direito - Criminal)

Sr. Dinamarco, não faça retórica. Os advogados não estão preocupados com a elucidação de crimes ou seus respectivos autores. A Federação acha que o inquérito tem que ser sigiloso. Tudo bem, qualquer pessoa com senso concorda. Mas será que é assim que funciona? Que eu saiba, quem divulgou detalhes da operação não foi o delegado, mas a jornalista. Outra coisa: se o delegado foi tão mal assim, se fez tantas bobagens, uma coisa é certa. Serviu para que engravatados fossem entrevistados e, sob a denominação de "juristas", defendessem o STF (ops, quer dizer, Gilmar Mendes) na decisão de soltura de Dantas, lembrando que estamos vivendo em um Estado Democrático de Direito. Nós sabemos que no Brasil não existe legalidade. Estado de Direito, piorou. Então é melhor colocarmos as cartas na mesa, de maneira transparente e sem hipocrisia. A prisão de Dantas e de outras personalidades malditas (Cacciola, por ex.) deve ser louvada. A suposta espetacularização e holofotização das operações policiais não são mais relevantes que a descoberta de fatos criminosos. Em outras palavras: a atuação "exagerada" da polícia federal é ponto secundário nessa história. Admira-me bastante ver a reunião de ministro de Estado e ministro de Corte Suprema circunscrita a assuntos secundários. "Temos que redigir uma nova lei de abuso de autoridade". Ok. Mas será que isso é o mais importante no momento? Por que não se reunirão para falar de assuntos realmente interessantes... tais como a compra dos ministros de tribunais superiores, referida por Dantas. Será que é algo da cabeça do banqueiro? Não, isso não existe no Brasil.

Afinal, queremos ou não descobrir crimes e seus...

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

Afinal, queremos ou não descobrir crimes e seus autores ? Por este motivo que o Inquérito Policial é peça investigativa, desprovido de ampla defesa e sem contraditório : êle é inquisitório. Não se pode esperar firulas formalísticas nas investigações. Já se disse, com muita propriedade, que o investigado não é sujeito de direitos ; e sim de investigação. acdinamarco@aasp.org.br

Mero oportunismo daqueles que desejam ser promo...

Gilberto Aparecido Americo (Advogado Autônomo - Criminal)

Mero oportunismo daqueles que desejam ser promovidos sem qualquer esforço. O Dr. Queiróz é um dos melhores delegados dos quadros do DPF.

...é mesmo que coisa, não? O problema é que a P...

Robespierre (Outros)

...é mesmo que coisa, não? O problema é que a PF incomoda muita gente boa, esse é o X da questão.

Essa não dá para entender...

outros (Outros)

Essa não dá para entender...

Conduta holofote?

Armando do Prado (Professor)

Conduta holofote?

Quem somos nós mortais para contrariarmos a "no...

Atento (Outros)

Quem somos nós mortais para contrariarmos a "nota" ? A sociedade se caracteriza pelas opções que realiza.

Comentar

Comentários encerrados em 25/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.