Consultor Jurídico

Comentários de leitores

6 comentários

Senhores. O que precisamos é Juízes inteligente...

CHORBA (Bancário)

Senhores. O que precisamos é Juízes inteligentes e justos. Em um caso recente fui impedido de ter acesso a Saúde. Foi determinado pela justiça a imediata liberação do documento, que foi negado mais 2 vezes, culminando com o ingresso de DMorais contra o empregador. Pasmem, a Juíza forçou a favor do empregador, dizendo que negar documento de acesso a saúde, obrigação estipulada em lei e noramas do INSS, não causa DANOS. 1. 2? 3? ANAMATRA - Juíz não tem que ter tendência, tem que julgar e ser JUSTO. Jorge Alencar Chorba chorbamatrix@gmail.com

Justiça do Trabalho (sic) é uma excrecência pat...

Jose Antonio Dias (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Justiça do Trabalho (sic) é uma excrecência patológica, imexivel, como disse um ex-ministro do trabalho, acima da Constituição, cuja existência só se admite em uma republiqueta bananifera, com elevado indice de analfabetismo, que prolifera, inclusive, entre seus dirigentes, chamada Brasil. Como esta Justiça (sic) esta acima da Constituição, os enunciados acima, lavrados por que não tem competência em fazê-los, devem ser vistos como quebra galho auxiliar para Juizes do Trabalho com pouco conhecimento da matéria.

Há poucos dias a revista Veja publicou que nas ...

MTADEO (Economista)

Há poucos dias a revista Veja publicou que nas últimas décadas, no Brasil se criava 164 milionários por dia. Qual seria a base desse enriquecimento? Especulação? Exploração? Tráfico? Lavagem de dinheiro sonegado aos cofres públicos? Outras lavagens?,Verbas repassadas às ONG's, etc... Com certeza a Anamatra e os juízes classistas não têm interesse nenhum em melhorar as relações trabalhistas, tanto do lado patronal quanto do lado dos trabalhadores. Tudo isso é tentativa de continuar mantendo a "exploração" em todos os sentidos, tanto do Empresário quanto do Assalariado. A política governista não quer ver aplicada emenda 45, ou mesmo regulamentar a Constituição Federal em favor de todos. Com certeza, a minoria privilegiada deve permanecer às custas dessa expropriação gerada pela incompetência governamental.

Não se deve esquecer que estamos falando da Jus...

Mig77 (Publicitário)

Não se deve esquecer que estamos falando da Justiça do Trabalho, algo que jamais deveria existir.Só existe no Brasil, um país "exótico" e constituido por um povo "exótico". Aquele mesmo povo que quando criança com mais de 12 anos, passa por baixo da roleta do onibus a pedido da mãe. A Anamatra é composta por Juizes, que na verdade não pordem ser considerados Juízes e sim contadores incompletos. Mas ganham como Juiz de verdade.O que ela acha ou pensa, não deveria ter a menor importância. Não serve ao país. Serve somente ao CARTÓRIÃO. *TRABALHO É QUESTÃO ADMINISTRATIVA. *QUEM ONERA O TRABALHO NÃO QUER EMPREGAR. *QUEM SE OMITE É CUMPLICE. ALÔ CONJUR...ALÔ ESTADÃO... Deixem de noticiar os minguados e ridículos premios da MEGA-SENA e publiquem as sentenças da Justiça do Trabalho. R$ 189 milhões, R$ 60 milhões, R$ 26 milhões. Vamos jogar na loteria do emprego da Justiça do Trabalho onde não tem sorteio. Entrou ganhou. ANAMATRA O que vcs tem para contribuir para esse país, carente de Norte Moral?.

Concordo com o advogado Marcos Alencar, trabalh...

LUÍS  (Advogado Sócio de Escritório)

Concordo com o advogado Marcos Alencar, trabalhador não é criança de colo. Um cortador de cana não pode ser tratado com a mesma "proteção" que um engenheiro, então é preciso alterações na lei para não burocratizar ainda mais as relações, levando à esfera pública questões que devem ficar restritas à esfera meramente contratual privada. A CLT, em 1940, teve o cuidado de fazer normas para categorias diferenciadas e rito próprio. A EC 45 deu novas competências à Justiça do Trabalho, abrindo diversas lacunas que geram instabilidade social. É preciso que o Congresso Nacional regule as diversas questões. Há várias que são competências do Congresso, e não deveriam ser reguladas senão por lei. A Justiça do Trabalho está virando um monstro, a insegurança jurídica assola tanto trabalhadores quanto empresas. Em uma análise macro, isso é prejudicial a todos. Processos são ajuizados em virtude da ausência de regulamentação legal, e duram no TST 8 anos para serem julgados. Ninguém aguenta mais isso.

"Os juízes trabalhistas passam por um momento d...

veritas (Outros)

"Os juízes trabalhistas passam por um momento delicado. Com a responsabilidade de guardar uma legislação detalhista e fechada, têm de julgar relações de trabalho inseridas em um sistema econômico cada vez mais complexo." Não existe comlexidade nenhuma !!! O que existe é o de sempre uns querendo explorar outros, não pagando salario e sonegando diretos, e a clt impede isso ou pelo menos diminui . O que causa o ódio dos exploradores de sempre. Parabéns anamatra!!!

Comentar

Comentários encerrados em 5/02/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.