Consultor Jurídico

Comentários de leitores

221 comentários

Devemos analisar isso com compaixão, pois os mi...

Júnior Brasil (Advogado Autônomo - Consumidor)

Devemos analisar isso com compaixão, pois os milhares de bacharéis que não passam no exame são seres humanos e merecem consideração. Portanto, eu proponho: que a OAB crie uma cota para o bacharel que já prestou o exame 20 vezes e já entrou com mais de 5 MSs com pedido liminar indeferidos. Ora, depois de tanta luta, tanto estudo, tanto MS, esses bacharéis devem prestar para alguma coisa. (rs) Para argüir inconstitucionalidade, primeiro passem no exame, senão essa tese vai soar como "incompetencionalidade", o que é vergonhoso.

Caro André Luiz e demais leitores, um exame co...

Fernanda (Outros)

Caro André Luiz e demais leitores, um exame como este da OAB não faz dos profissionais que por ele passam melhores ou piores. Prova disto são os maus profissionais, do ponto de vista técnico e ético, que atuam em todas as áreas, inclusive no Direito. Mas para os que não passam no que denomino (após não pequena e meticulosa análise) de loteria da OAB, estes sim têm suas vidas modificadas pela limitação, castração e cerceamento outorgados.

Olá Amigos, Acredito que o Exame em discussão ...

andre_luiz (Estudante de Direito)

Olá Amigos, Acredito que o Exame em discussão deva realmente ser realizado, mas o que realmente me preocupa é o fato de outros bacharéis de outras cadeiras como medicina p.ex,não terem também um exame para que possam exercer sua profissão, principalmente pelo fato destes lidarem diretamente com a vida das pesoas, o que não significa que o profissional do Direito também não o faça, só que de maneira muito indireta.Acredito que todos os bacharéis de TODAS AS ÁREAS DEVERIAM FAZER TAMBÉM UM EXAME,pois nfelizmente temos muitos maus profissionais EM TODAS AS ÁREAS E NÃO SÓ NO UNIVERSO DOS PROFISSIONAIS DO DIREITO. A falta de respeito, o mau caráter, a ganância, a preguiça, assim como todos os maus sentimentos fazem parte do ser humano e não desta ou daquela área profissional. O exame da ordem deve ser mantido sim, mas a sociedade deve exigir também que outros profissionais também devam ser examinados pelos seus conselhos regionais ou seja lá quem quer que os represente. A grande preocupação do estudante de Direito desde o primeiro dia na faculdade é o "temido" Exame da Ordem. E qual será a preocupação dos estudantes de medicina, odontologia, arquitetura, engenharia, etc? Fica esse pensamento para avaliação.

Prezados, não sou advogada e também não sou bac...

Fernanda (Outros)

Prezados, não sou advogada e também não sou bacharel em direito. Sou assistente social, cidadã brasileira e, eventualmente, cliente de advogados trabalhistas e cíveis. Nesta qualidade, sinto-me impulsionada a participar deste curioso debate. Tenho lido acerca da comissão criada por um vereador do Rio de Janeiro para debater acerca da pertinência do Exame da OAB, bem como diversas denúncias sobre o mercado crescente que se avoluma em torno destas provas (cursinhos, livros, apostilas, venda de provas...). Acostumada a orientar cidadãos na luta por seus direitos, tinha historicamente a OAB por uma instituição séria, alinhada a meus valores e princípios pessoais e profissionais. Alguns fatos recentes, contudo, têm me feito refletir sobre qual é a verdadeira face desta instituição. Enquanto Conselho de Classe, a Ordem deveria estar muito mais preocupada com a ética no exercício profissional do que em tolhir o direito e o acesso a uma vida mais digna àqueles que, muitas vezes com dificuldade e sacrifício, sonham em ser advogados. Acompanhei com atenção a trajetória de alguns cidadãos brasileiros que, por não terem nascido em berço explêndido, trabalham desde a mais tenra idade. Arrimos de familia, venceram a baixa auto estima, o cansaço das longas jornadas de trabalho; se privaram de muitos consumos, alguns básicos como alimentação e saúde, para pagarem as altas mensalidades e livros acadêmicos. Digo estas palavras porque, ao observar esta via crúcis, percebi muito mais vaidade no Exame da Ordem do que qualquer argumentação séria poderia opor. Estes cidadãos já fizeram suas provas e se mostraram qualificados. Se a OAB tem alguma dúvida em relação à sua qualificação para o exercício profissional, deveria contestar judicialmente ou nas instâncias cabíveis do sistema educacional brasileiro. Não através de questões pouco pertinentes ao cotidiano dos advogados, impedir que os já formados bacharéis exerçam a profissão que escolheram e com a qual sonham. Impedindo o direito, o sonho, o crescimento, a liberdade... Qual é tua face OAB? Fernanda

Caros doutores, data venia devida, gostaria de ...

Marcos (Estudante de Direito)

Caros doutores, data venia devida, gostaria de deixar minha opinião registrada, de acordo com um pensador francês,Robespierre foi um dos raros defensores do sufrágio universal e da igualdade dos direitos, defendendo a abolição da escravidão e as associações populares. Ele defendia que "A mesma autoridade divina que ordena aos reis serem justos, proíbe aos povos serem escravos"."Liberdade e igualdade para o governo da república; indivisibilidade em sua forma; virtude como seu princípio; Ser Supremo como o seu culto. Quanto aos cidadãos, fraternidade em seus relacionamentos, probidade em sua conduta, bom senso como espírito, modéstia em suas ações públicas, que eles deveriam nortear para o bem do estado, e não para eles mesmos. Tal era o símbolo de sua democracia." Ora, creio que independente das opiniões, deve-se sim, ser reestruturado esse exame,n abolido, para que realmente alcançe a sua essencia essencia, e não continue sendo uma fabica de niqueis. Parabenizo o colega Rodolpho pelo brilhante comentario, mencionando tbm Robespierre, há muito não lia algo bem estrurado e com clareza, tbm parabenizo o MNBD, independente de estarem com a razão ou não, mas pela coragem com que lutam por direitos seus e alheios, gostaria de um e-mail para ter contato com o MNDB, tbm parabenizo o Professor Fernando Lima, pela ética que luta pelo ideal dos bacharéis, e ao colegas favoráveis ao exame tbm, aqueles que civilmente exercem a arte da retórica, ao defender o exame sem humilhar aqueles que são contra ele. Mas infelizmente aqueles que deveriam ouvir, preferem tapar os ouvidos e se fazerem de cegos. Pois é isso, lutemos, chega de assistirmos a esse pais afundar, sentados, e reclamarmos somente qdo a agua bate em nossa bunda!!

Percebe-se algo muito maior que uma simples exi...

Bira (Industrial)

Percebe-se algo muito maior que uma simples exigência. Preocupante esse estado de direito violado.

Ora, o Bacharel faz o curso na Auto Escola e de...

Junior (Outros)

Ora, o Bacharel faz o curso na Auto Escola e depois vai o DETRAN fazer a prova, e daí, vai fazer um movimento também contra a prova do DETRAN, o que é melhor para o POVO, pergunta a ele, pergunta o que é melhor para o POVO, então, esta juíza não está com o que é melhor para o POVO, ela está é se auto promovendo, está brigando com a OAB tocando no que é mais valioso para nós advogados, aliando-se a este movimento ridículo de Bacharéis sem prova e sem exame, vai ver que eles se deixar vai querer sair da Auto Escola e dirigir sem o exame do DETRAN, é muita sacanagem, sou advogado e passo na prova quantas vezes ela vier, pois estudei, fiz jus ao meu investimento, avisei ao colegas para estudar, eles só queriam saber de TERMAS e NOITADA, agora, vai se dar bem, ora, meu DEUS, é melhor procurar saber do POVO como é melhor o Advogado para eles, com Exame ou sem Exame.

Importante disso tudo embora já sabemos do ples...

Junior (Outros)

Importante disso tudo embora já sabemos do plesbicito, é consultar o POVO e também os Bacharés deste movimento ridículo, como eles gostariam que a mãe dele fosse operada, por um MÉDICO aprovado pelo exame nacional da CRM ou, por um médico qualquer, qui sá, formado nestas faculdades do pagou passou. Ou seja, um médico cujo PAI seja mantenedor da Universidade e ele passa nas "coxas", tem advogado que quer a carteira para seguir os passos do PAI, que sempre foi advogado de porta de INSS, tanto que muitos estão presos por formação de quadrilha, que fica lá dizendo que é advogado e fazendo coisas de mero despachante, então, estes advogados de merdas e rábulas, querem passar o legado para os filhos, mas, os filhos não passam no exame, então, este é o movimento mais ridículo que já vi, e, o que é pior, embora uma Juíza saiba que o POVO quer um Advogado bem preparado depois de aprovado, a Juíza quer o contrário do POVO, veja como a intriga desa Juíza pessoal com a OAB poderá fazer com o POVO, esta juíza para mim, é muito vaidosa e caprichosa, usa coisa como essa para atingir a OAB, pois a OAB não é só do Wadhit mas sim outros profissionais.

Acho que este movimento dos Bachareis, deveria ...

Junior (Outros)

Acho que este movimento dos Bachareis, deveria chamar, movimento dos burros e espertos, e como tinha espertos nas salas de aula, eu olhava as notas da Faculdade, era ridículas, muitos tiravam 04, 03, até cinco, não conseguiam a média, seja porque são "burros" mesmo, então, a Universidade que vive em intensa concorrência no mercado de ensino, resolvia facilitar para eles aplicando trabalhos e outras missões para ajudar na NOTA, portanto, eles não estudavam, e, neste universo de muitos colegas que não estudaram, mas, que queriam apenas ser Advogados, serão agora Adevogados, ou seja, se a Juíza quer profissionais incapazes, certamente ela terá motivos no futuro de ficar criando problemas para os Advogados, afinal, é ela mesma que está permitindo que o mercado seja acrescido destes Bacharéis sem SABER, ou seja, Bacharéis sem concurso da ORDEM é um DANO A SOCIEDADE consulte ela para saber, consulte o POVO para saber como eles querem os Advogados no final do curso, sem ou com Exame. Acho que para ser JUIZ, já que in these existam alguns entrando pela janela, basta ver as decisões, estes magistrados deveriam ter curso de MESTRADO ou DOUTORADO, só assim acho que eles seriam mesmo capazes, ao invés de só entrar estas cartas marcadas que estão por aí, sem falar que muitos são apadrinhados, e tem escandalos camuflados por aí.

Futuros colegas, eu tambem pensei como voces re...

telmo (Bacharel - Civil)

Futuros colegas, eu tambem pensei como voces referente a obrigatoridade da prova. Fiz, passei e sinto-me gratificado por haver ingressado de "primeira". A prova não tem misterios ou pegadinha, mas sim, questões que durante nossa vida academica foram dadas em aula. Um piloto de linha aerea não senta no cockpit sem passar pelo simulador, esta prova nada mais é condição basica para iniciarmos a carreira.

Doutores: Acho que mais lamentável é começarm...

Marcos (Estudante de Direito)

Doutores: Acho que mais lamentável é começarmos a agredir uns aos outros, agindo assim, estamos tão só sendo piores do que aqueles que acusamos de ser ditadores. Todos temos o direito de opinar. Não tenho procuração para defender o Ilmo Regis C., mas, que prevaleça o bom senso, ele não ofendeu ninguém, está apenas expressando a sua opinião, e como a boa arte da retórica, não acho que deveriamos ofende-lo. Não concordo com o exame, mas tbm não concordo com o "libera geral", nem com a utopia de que a Ordem está só preocupada com a qualidade, antes fosse. Como de maneira engraçada em um comentário anterior é preciso acabar com essas "escolinhas do professor raimundo". Entretanto, Sigo as palavras de Voltaire:"posso não concordar com uma só palavra que dizere, mas lutarei até morte pelo vosso direito de dize-la". Como estudante, me senti ofendido com a declaração "A OAB não vai permitir que ignorantes advoguem e ponham em risco a sociedade". Presidente da Oab/Rj - Wadih Damous - Matéria do dia 15/01/2008 - Tribuna do Advogado. VOU ser aprovado nesse exame sim,no tempo determinado,nem que me acabe de estudar e esfregar na cara desse Damous. Abçs e desculpem o desabafo Marcos P.S: Regis, creio que entendi a luz da sua comparação com concursos

Se a graduação em direito por si só não ba...

Ravardiere Luís Gama (Estudante de Direito)

Se a graduação em direito por si só não basta para advogar, pode-se então apenas abrir concurso para advogado nas provas da OAB, talvez qualquer pessoa que não cursou um curso superior de direito consiga ser aprovado, um rábula por exemplo. Pronto, já é advogado.

Tal como está a educação no Brasil penso que os...

Regis (Professor Universitário - Dano Moral)

Tal como está a educação no Brasil penso que os egressos de todo e qualquer curso, seja tecnológico ou "superior", deveriam ser submetidos a um Exame sério para poder exercer a profissão.

Nunca vi Bacharel em Direito competente e que t...

César10585 (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Nunca vi Bacharel em Direito competente e que tenha EFETIVAMENTE estudado, ser reprovado no exame de ordem. Se muitos dos que são aprovados fazem cada "barbeiragem" que até Deus duvida, imagine se acabar o exame. Será o fim da Advocacia.

Pessoal!! Vamos para outra notícia, tem coisa n...

ARI (Estudante de Direito)

Pessoal!! Vamos para outra notícia, tem coisa nova!!!

Sou economista e acho o exame uma coisa desnece...

MTADEO (Economista)

Sou economista e acho o exame uma coisa desnecessária. A Ordem dos Advogados deveria abolir o exame e substituí-lo por uma taxa de concessão, sujeita a legislação, Estatuto da OAB, etc...

Prezado Dr. Vitor M. Caso encerrado. Conf...

JAV (Advogado Autônomo)

Prezado Dr. Vitor M. Caso encerrado. Conforme pode ser visto no meu comentário ao Dr. Jales Ribeiro, não podemos aceitar nem um exame mal elaborado, nem um “liberou –geral”. Ambos os extremos são perigosos, injustos e sem efetividade. O que o MNDB/RJ quer trazer a baila é exatamente esta discussão. E visto ao que está se debatendo, atingimos este primeiro objetivo: Alertar a sociedade como um todo que o atual sistema comete injustiças, não avalia corretamente a qualificação de fato para o exercício da brilhante profissão de Advogado. Como segundo objetivo é propiciar um amplo debate, onde todos os operadores de direito, todos os bacharéis, Advogados, Juizes, Procuradores, Promotores, Defensores Públicos, etc, possam participar para que possamos ter realmente um exame, não só quanto à efetividade em avaliar os postulantes ao exercício da Advocacia, mas que sirva de modelo para todas as demais profissões. Esperamos contar com o apoio de todos nesta empreitada, cujo grande vencedor será, sem sombra de dúvidas, a sociedade e o Estado Democrático.

Caro Vitor, Ia me esquecendo, liberar é o ...

ARI (Estudante de Direito)

Caro Vitor, Ia me esquecendo, liberar é o melhor caminho, segundo, a OAB deve cobrar o MEC para que esse òrgão efetue rigorosa fiscalização das Instituições de ensino!! É isso!!

Vitor M, Meu posicionamente é contrário à ...

ARI (Estudante de Direito)

Vitor M, Meu posicionamente é contrário à existência do dito exame. Segundo não me ofendo facilmente não!!! pelo contrário, até tiro pessoas do sério com isso!! Então debater é comigo mesmo,faço isso com argumentos e sem argumentos de vez enquando, só pelo prazer do debate, porém, neste assunto tenho certeza que os argumentos contrários ao "dito Exame" devem prevalecer!! abraços!!

Vitor M., Continue achando!!!é discutindo...

ARI (Estudante de Direito)

Vitor M., Continue achando!!!é discutindo esse assunto que esse r'dículo exame vai por terra!!!

Comentar

Comentários encerrados em 24/01/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.