Consultor Jurídico

Arranhões e cortes

Juiz brasileiro é espancado em assalto de carro na Bolívia

O juiz criminal José Rubens Senefonte, de Campo Grande (MS), foi assaltado na Bolívia e espancado por ladrões de carros, no final da manhã da segunda-feira (31/12). A informação é do site Midiamax.

O juiz foi encaminhado ao hospital com um corte profundo no couro cabeludo e arranhões pelo corpo. Ele se queixou de fortes dores no tórax e foi hospitalizado.

Senefonte iria a Puerto Quijarro, na fronteira com Corumbá. Ao chegar em um mercado da Zona Franca, ele foi parado por um grupo que o rendeu e roubou sua caminhonete cabine dupla. O juiz foi deixado ferido em um matagal na cidade vizinha de Puerto Suarez.

Ele voltou a pé ao Brasil. Horas depois, a Policia Civil encontrou a camionete abandonada em Puerto Quijarro.

Até recentemente, Senefonte era o titular da 2º Vara Criminal de Corumbá. Em novembro, ele decretou a prisão preventiva de três homens acusados de pertencerem a uma quadrilha de roubos de carro. Em um dos assaltos o grupo chegou a amordaçar as vítimas.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 1 de janeiro de 2008, 19h37

Comentários de leitores

1 comentário

Ué, com o senhor Evo as massas oprimidas não fo...

Bira (Industrial)

Ué, com o senhor Evo as massas oprimidas não foram atendidas? Ah sim, dirão, caso isolado, fortuito...

Comentários encerrados em 09/01/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.