Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Festa surpresa

Londrina ainda não sabe se prefeito eleito assumirá o cargo

A cidade de Londrina, no Paraná, saberá nesta quarta-feira (31/12) se o candidato a prefeito eleito em outubro, Antônio Belinati (PP), assumirá o cargo na quinta. Para assumir, Belinati terá que conseguir uma liminar na Justiça Eleitoral, já que teve a candidatura cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral no último dia 19. Caso contrário, o presidente da Câmara Municipal será nomeado prefeito interino.

A cassação foi determinada pelo TSE devido a rejeição da prestação de contas de Belinati pelo Tribunal de Contas do estado, referente ao período em que foi prefeito. Por cinco votos a um, o tribunal eleitoral negou recurso do candidato e anulou os votos que ele recebeu nos dois turnos da última eleição.

Se Belinati não conseguir reverter a situação na Justiça, uma nova eleição deve ocorrer em fevereiro, entre os candidatos que ficaram em segundo e terceiro lugares, Luiz Carlos Hauly (PSDB) e Barbosa Neto (PDT), respectivamente.

O pedido de novo pleito foi feito pela juíza eleitoral Denise Hammerschmidt ao Tribunal Regional Eleitoral do estado. No entanto, a próxima sessão da corte só acontecerá em 20 de janeiro e uma nova eleição só será possível de 20 a 40 dias depois da decisão.

Revista Consultor Jurídico, 31 de dezembro de 2008, 12h17

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/01/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.