Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Associação ilícita

Ex-presidente Kirchner é alvo de investigação na Argentina

A Justiça argentina investigará o ex-presidente Néstor Kirchner, marido da atual presidente, Cristina Kirchner, e o ministro do Planejamento, Julio de Vido, por causa de uma denúncia de associação ilícita feita pela líder oposicionista e candidata derrotada à presidência da República, Elisa Carrió. A informação é da agência de notícias Reuters.

Vários outros funcionários e ex-funcionários públicos estão envolvidos na investigação preliminar apresentada por parlamentares do partido Coalizão Cívica, o segundo mais votado nas eleições nacionais de 2007. Fontes judiciais disseram à Reuters que o juiz federal Julián Ercolini acatou requerimento do Ministério Público para investigar se houve irregularidades na contratação de obras públicas, na administração de concessões para jogos de azar e nas relações com a Venezuela, entre outras.

A gestão de Néstor Kirchner (2003-07) já havia sido afetada por denúncias anteriores envolvendo a licitação de um gasoduto e o financiamento da campanha eleitoral da sua esposa, Cristina Kirchner, que se elegeu presidente da República

Revista Consultor Jurídico, 24 de dezembro de 2008, 13h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/01/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.