Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sapatada internacional

Jornalista que jogou sapato em Bush será julgado no dia 31

O jornalista iraquiano que atirou seus sapatos contra o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush será julgado no próximo dia 31, pelo Conselho Judicial Superior do Iraque. A informação é do portal O Globo.

Muntazer Al-Zaidi, repórter de um canal de TV sunita, responderá a processo por agressão contra um chefe de Estado estrangeiro em visita ao Iraque. Se condenado, pode pegar até sete anos de prisão, segundo o Código Penal iraquiano.

O julgamento foi confirmado pelo porta-voz do Conselho Judicial Superior do Iraque, Abdul Satar Birqadr. “A Corte Penal estabeleceu 31 de dezembro como data para o julgamento, e uma comissão de três juízes comandará as audiências”, disse ele.

Durante entrevista coletiva de George Bush em Bagdá, o jornalista atirou seus sapatos em direção ao presidente americano. Demonstrando ótimo reflexo, o presidente desviou-se dos projéis, enquanto o atirador era imobilizado e preso pela segurança.

O gesto do jornalista foi provocado pela atuação do presidente americano, responsável pela invasão e ocupação militar do Iraque por tropas dos Estados Unidos. Atirar os sapatos contra alguém na cultura iraquiana é a mais grave das ofensas, e neste caso, a sapatada foi largamente comemorada pela população local.

Revista Consultor Jurídico, 22 de dezembro de 2008, 18h44

Comentários de leitores

5 comentários

Concordo com o professor Armando. Ele deve ser ...

Zerlottini (Outros)

Concordo com o professor Armando. Ele deve ser condenado pela PÉSSIMA pontaria. Pelo fato em si, há que elogiá-lo, pela tentativa. Eu jogaria outra coisa (lembram-se da música "Geni e o Zepelin", do Chico Buarque?) Pois é... E não é a parte das pedras, não. E, sr. futuka, visitas como a do Bush (esse nome, ne gíria da língua dele, significa pentelho) o mundo inteiro deve estar agradecendo e dispensando. Francisco Alexandre Zerlottini. BH/MG.

É preciso haver punição para casos assim ou não...

futuka (Consultor)

É preciso haver punição para casos assim ou não teremos mais visita de mandatários de outras nações. Acredito então que devemos ter 'ordem na bagunça'. já imaginaram se essa moda pega, hein!rs

E se for condenado, deverá sê-lo pela péssima p...

Armando do Prado (Professor)

E se for condenado, deverá sê-lo pela péssima pontaria...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 30/12/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.