Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Sr. Antonio Dinamarco, sinceramente, o amigo ac...

Ruberval, de Apiacás, MT (Engenheiro)

Sr. Antonio Dinamarco, sinceramente, o amigo acredita mesmo que os trabalhos do advogado influencia no julgamento do magistrado?

agora toda carreira de servidor publico quer au...

analucia (Bacharel - Família)

agora toda carreira de servidor publico quer autonomia para mandar no povo e aumentar os salários, estamos criando feudos de servidores publicos.

Parabéns ao autor pela maneira brilhante como d...

Ravênia (Delegado de Polícia Estadual)

Parabéns ao autor pela maneira brilhante como discorreu sobre o tema da segurança pública no Brasil.

Senhor Luciano Garrido : o amigo já fez os cálc...

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

Senhor Luciano Garrido : o amigo já fez os cálculos de quantas gerações haverão de passar ? acdinamarco@aasp.org.br

E. COELHO (Corretor de Seguros - - ) 19/12/2008...

E. Coelho (Jornalista)

E. COELHO (Corretor de Seguros - - ) 19/12/2008 - 08:39 Considero um absurdo precisar acionar a Justiça para retirar baderneiros que invadiram uma empresa, bastaria chamar a polícia. Polícia é para manter a ordem, usando o monopólio da força que o Estado detém com exclusividade. Entretanto, o Poder Executivo não quer exercer a sua autoridade com medo da imprensa. Explico: A polícia ao agir precisa ser firme e aplicar a força necessária, prender alguns mais exaltados, etc. Isto os governantes não querem, "não é politicamente correto", blá, blá, ou seja, pura covardia ou conivência com os baderneiros. Como resultado temos o Poder Judiciário cada vez mais congestionado e os baderneiros livres, soltos e atuantes. Brevemente precisaremos mudar a frase inserida no pavilhão nacional para: DESORDEM E DECADÊNCIA, ou então, LIBEROU GERAL!

Comentar

Comentários encerrados em 27/12/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.