Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Funções incompatíveis

Agente de penitenciária não pode exercer advocacia

Servidor de cargo exercido dentro de uma penitenciária, ainda que seja de técnico da área administrativa, está vinculado com a atividade policial e, por isso, não pode desempenhar a advocacia. O entendimento é da 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. A Turma negou recurso a uma servidora da Penitenciária Estadual de Londrina (PR) para que fosse garantido o direito de registro na OAB.

O artigo 28, inciso V, da Lei nº 8.906/1994 (Estatuto da Advocacia) diz que a atividade é incompatível com as funções exercidas por ocupantes de cargos vinculados direta ou indiretamente à atividade policial de qualquer natureza. De acordo com o ministro relator, Herman Benjamin, a restrição é importante por razões de ordem ética, para prevenir a corrupção, pois servidores de penitenciárias, mesmo administrativos, têm poder sobre direitos e interesses de terceiros. A medida evita barganhas e captação de clientela.

No STJ, a servidora alegou que a proibição legal não a atingiria, pois a atividade de agente administrativo não se confunde com a de agente penitenciário. Disse que suas atividades eram “meramente administrativas, sem qualquer contato, responsabilidade ou função de custódia dos presos internados na unidade prisional”.

Inicialmente, a servidora ingressou com pedido de Mandado de Segurança contra ato do presidente da OAB do Paraná, por ter sido negado o pedido de inscrição principal na entidade. A primeira instância e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região entenderam que a função exercida pela servidora era incompatível com a advocacia.

REsp 981.410

Revista Consultor Jurídico, 16 de dezembro de 2008, 13h21

Comentários de leitores

2 comentários

Se a OAB/RJ fizer uma auditoria nos seus quadro...

Zé Mário (Advogado Autônomo - Administrativa)

Se a OAB/RJ fizer uma auditoria nos seus quadros aqui no Rio...

Se está na Lei, o processo já deveria ter sido ...

Paulinho (Outros)

Se está na Lei, o processo já deveria ter sido extinto.

Comentários encerrados em 24/12/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.