Consultor Jurídico

Comentários de leitores

13 comentários

A insistente e permanente 'vigilia' para apropr...

futuka (Consultor)

A insistente e permanente 'vigilia' para apropriar-se das famigeradas 'escutas' e divulgá-las - só terminará - quando houver maior responsabilidade no manuseio. O que acredito ser impossível, pois, nunca houve não há nem haverá 'máquina' que escute, portanto a 'escuta' sempre estará a mercê de 'homens' e esses com certeza só respeitam os seus bolsos. -INFELIZMENTE PARA A HUMANIDADE.

Pelo pouco que fiquei sabendo da "estória", me ...

Zerlottini (Outros)

Pelo pouco que fiquei sabendo da "estória", me parece que, atualmente, no ESpírito Santo, só há dois poderes: o legislativo e o executivo. O judiciário quase acabou, pela quantidade de desembargadores, juízes e o escambau que foram presos! Será que só tem corrupto, neste país? Francisco Alexandre Zerlottini. BH/MG.

Nelson disse tudo! Só faltou um detalhe... As "...

Mariana Grassi (Bacharel - Criminal)

Nelson disse tudo! Só faltou um detalhe... As "descobertas estratosféricas" geralmente se iniciam a partir de uma "denúncia anônima".

Engraçada essa de querer sigilo nos processos p...

allmirante (Advogado Autônomo)

Engraçada essa de querer sigilo nos processos penais contra os agentes públicos. Isso é mais hermético do que no tempo das ditaduras. Quem sabe Gilmar mendes não quer que se publiquem poesias de novo?

Espantoso não é ver desembargadores entrarem em...

Leão Silva (Funcionário público)

Espantoso não é ver desembargadores entrarem em cana. Espantosos são os motivos. Também é espantosa essa relação imprensa-polícia, em que conteúdos dos autos servem de material para sensacionalismo. Como a imprensa os obtêm?

As operações da PF têm um padrão. Começam com u...

Nelson Rodrigues (Outros)

As operações da PF têm um padrão. Começam com uma descoberta estratosférica de um crime estrondoso. Um mês depois, as coisas não são bem assim. A descoberta não foi estratodférica e não se sabe se houve crime. Passam-se os dias e descobrem-se falhas lamentáveis no levantamento de provas. O processo engastalha em juízes que não têm coragem de admitir que os indícios não são indícios com medo de serem acusados de favorecer "bandidos". Segue-se a novela. Nada de prova. Os acusados saem desesperados batendo de porta em porta em busca de socorro, suplicando para que se revise as acusações feitas. Ninguém tem peito de examinar o caso. Um ano depois, nada se provou. Os zumbis continuam amaldiçoados. Mais tarde, serão absolvidos. Uma nota de pé de página nos jornais informará a absolvição com aquele tom jocoso: o da impunidade. Com uma dose de razão. Os canalhas que produziram a acusação improcedente e os canalhas que a divulgaram não serão punidos. É verdade. O Brasil é o país da impunidade.

Tem muita gente torcendo contra o Judiciário. V...

Republicano (Professor)

Tem muita gente torcendo contra o Judiciário. Vale perguntar: sua carteirinha da OAB valerá alguma coisa com um Judiciário fraco e submisso? Devemos enaltecer o fato do Judiciário estar combatendo àqueles que desonram a toga. Agora, a ministra permitir invasões de prédios da Justiça é um ato sem reflexão. Que tal se a polícia pega corda? O estado de Direito compadece neste momento de pessoas que reflitam sobre a extensão política de decisões judiciais que, se de um lado acerta no combate ao crime, de outro acaba por enfraquecer as instituições.

A empáfia dos magistrados brasileiros é tão arr...

Cananéles (Bacharel)

A empáfia dos magistrados brasileiros é tão arraigada, tão inafastável, que até os codinomes refletem o fenômeno: "Papa", "Cardeal"... Não apareceu um "Coroinha" nos diálogos!

Foi o próprio Judiciário que investigou e mando...

Republicano (Professor)

Foi o próprio Judiciário que investigou e mandou prender. Ainda são juízes que mandam prender. Infelizmente, a agência estado vem escondendo isto da população ao enviar resenhas aos jornais do país. Fica a sensação do Estado policialesco, e a população fica sem conhecer que foi o Judiciário quem cirtou na própria carne.

Espero que esses trechos de conversas vazadas n...

João G. dos Santos (Professor)

Espero que esses trechos de conversas vazadas não sejam interpretações distorcidas, como vinha corriqueiramente ocorrendo. Está mais do que na hora de eliminar esse tipo de prática, que somente trouxe problemas a inocentes e mostrou a face incompetente dos órgãos persecutórios.

A única coisa que lamento é o brasileiro achar ...

Mariana Grassi (Bacharel - Criminal)

A única coisa que lamento é o brasileiro achar normal o vazamento do conteúdo das interceptações.

No tocante à quantidade de dinheiro apreendida,...

ASR - adv (Advogado Autônomo)

No tocante à quantidade de dinheiro apreendida, foi divulgado o valor de R$ 500.000,00. Ocorre que ninguém no Espírito Santo acredita neste valor, tendo em vista que foi, de fato, necessária uma máquina de dinheiro para contar. Ora, não é necessária uma máquina para contar R$ 500.000,00, malgrado ser uma boa quantidade de dinheiro...

Bando de salafrários. Esse é o verdadeiro crime...

Robespierre (Outros)

Bando de salafrários. Esse é o verdadeiro crime hediondo, pois como conseqüência falta dinheiro para saúde, educação, etc. E o pior é ver que tem operadores que defendem bandidos, banqueiros ou magistrados.

Comentar

Comentários encerrados em 18/12/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.