Consultor Jurídico

Notícias

Carteira nova

Projeto de lei proíbe motorista novo de dirigir em estradas

Comentários de leitores

14 comentários

O mercadante deveria se preucupar que menor de ...

bahia (Outro)

O mercadante deveria se preucupar que menor de 16 anos ñ esta apto a votar, votar pode. Diriger não, isso que é uma sacanagem com o povo brasileiro. é uma putaria danada pra tira a primeira abilitão, alem do trabalho o condutor enfrenta uma mutidão de corruptos pra deficultar a retirada da sua carteira de abilitão. A gora vem um tão de mercadante é que mudar tudo.

Ess merdadante deveria criar uma lei que coloca...

jorge.carrero (Administrador)

Ess merdadante deveria criar uma lei que colocasse imediatamente na cadeia deputados, vereadores e outros políticos que roubassem a partir do 1º dia de posse.

Brasil: sempre "nivelando por baixo"! Dirigir ...

Fabris Neto (Defensor Público Estadual)

Brasil: sempre "nivelando por baixo"! Dirigir somente em vias urbanas certamente irá resolver o problema, uma vez que o motorista, deixando de guiar o veículo em estradas, aprenderá, por alguma espécie de milagre, dirigir nas estradas(!?). Será mais uma pérola do Congresso Nacional?

Os acidentes acontecem porque o curso é deficie...

Lucio (Oficial da Marinha)

Os acidentes acontecem porque o curso é deficiente no ensino de dirigir em estradas, a fiscalização é fraca, as estradas esburacadas e mal sinalizadas. A fiscalizqação se preocupa mais em multar do que doutrinar. Lei inócua. Mais uma para ser burlada, como a lei seca.

Mais uma desse politicos nojentos... se o cara ...

Pereira (Outros)

Mais uma desse politicos nojentos... se o cara não trafegar com a permissão, quando ele pegar a definitava, não terá experiência do mesmo jeito, ou estou enganado? Ou somente o tempo é que vai deixa-lo apto...

"Se as autoridades fiscalizassem para que fosse...

daniel.escouto (Estudante de Direito)

"Se as autoridades fiscalizassem para que fosse cumprido o limite de velocidade e zelasse pela conservação das estradas, a nova lei seria dispensável." E conservação das estradas não ganha imposto, lei, tributo, o que for! No máximo um pedágio, daí sim o governo arruma e entrega pronta para o concessionário. Esse país é ridículo, atribuem o problema dos acidentes aos motoristas, ao álcool, mas nunca é culpa do Estado.

Srs. Mercadante e Suplicy, Não passou pela c...

Baratinha (Contabilista)

Srs. Mercadante e Suplicy, Não passou pela cabeça dos "jênios" de plantão a maneira mais fácil de resolver este problema. Que tal o processo de ensino ser modernizado e melhor qualificado. Que tal colocar os policiais rodoviários, realmente fiscalizando as estradas, coibindo não apenas os novos de carteira, mas também e principalmente, os "cabeças de pudim", como bem são chamados pelo Bob Sharp.

Claro! é mais fácil criar restrições ao direito...

Elisangela Kuchmanski (Outros)

Claro! é mais fácil criar restrições ao direito de ir e vir, do que fiscalizar a aplicação dos recursos arrecadados através dos impostos que pagamos. Realmente, obrigar o contribuinte é mais fácil, do que fiscalizar a aplicação dos recursos recebidos. Como citado pelo(a)"silvagv": ...Só no Brasil mesmo...

Para sanar este problema o mais repressivo é um...

boan (Contabilista)

Para sanar este problema o mais repressivo é uma maior fiscalização nas estradas com mais policiais percorrendo trechos. Roda-se nas estradas estaduais e federais e raramente se encontra um guarda, ficam aquartelados nos postos. Viaja-se de BHTE a Ouro Preto e não se encontra nenhum no percurso-nem federal nem estadual.

No próprio projeto o senador reconhece que as e...

silvagv (Outro)

No próprio projeto o senador reconhece que as estradas são mal conservadas... É por causa de leis como essas que acidentes continuam acontecendo nas nossas rodovias. Insistem na punição e na restrição dos motoristas. Não deveria existir nem "permissibilidade". Isso é absurdo. Se o candidato cumpriu todas as etapas exigidas pela lei, que aliás não são fáceis de cumprir, principalmente para quem dispõe de parcos recursos, ele está apto a dirigir em qualquer lugar. Com certeza isso vai aumentar o número de infrações e carteiras falsas, o que aconteceu depois desse código de trânsito ridículo que nós temos e das infaustas resoluções do Contran. Em outras palavras, o mal fica pior a cada dia mas o remédio administrado é o mesmo... Só no Brasil mesmo...

Até porquê a legislação impede que se ensine ou...

João Totti (Funcionário público)

Até porquê a legislação impede que se ensine ou treine o aluno a dirigir em rodovias. E, como que pode do dia para noite esse "motorista" ter acesso a esse espaço de alto risco? ou seja, hoje sou aluno de auto-escola não posse dirigir em rodovia, amanhã com minha permissão posso enfrentar, e sem a presença do instrutor, esse trânsito rodoviário recheados de armadilhas e perigos iminentes. Realmente, é risco de morte. Portanto, o acesso do motorista novato ao trânsito rodoviário tem que ser de forma gradual e não abrupta,para o bem de todos.

No direito existem a coerção e a coação. vejo q...

João Totti (Funcionário público)

No direito existem a coerção e a coação. vejo que a coercibilidade,PL em análise no CN, poderá surtir muito mais efeito de âmbito geral que a coação sugerida por muitos adeptos em práticas de infrações de trânsito que muitas vezes ceifam vidas em rodovias. Por isso, sou amplamente favorável a tal restrição genérica. Com isso, busca-se contribuir para a redução do grande números de acidentes e de mortes ocorridas no trânsito rodoviário deste País.

Mais uma daquelas leis que não vai pegar! O que...

Thiago Rodrigues (Outros)

Mais uma daquelas leis que não vai pegar! O que tem de motoristas sem carteira (CNH) trafegando Brasil afora. Não temos pessoas suficientes para fiscalizar, se isso fosse novidade. Precisamos de mais campanhas educativas mostrando a realidade famílias se acabando por causa da imprudência, educação no transito nas escolas para educar as crianças! Claro mais fiscalização!

Está no texto: "Se as autoridades fiscalizas...

Edmundo (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Está no texto: "Se as autoridades fiscalizassem para que fosse cumprido o limite de velocidade e zelasse pela conservação das estradas, a nova lei seria dispensável." Como sempre, é mais fácil PROIBIR o povo do que OBRIGAR o estado.

Comentar

Comentários encerrados em 9/12/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.