Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Queda fatal

Músico acusado de provocar morte da mulher pede Habeas Corpus

A defesa do músico Evando Gomes Correia Filho entrou com pedido de habeas corpus para a revogação da prisão temporária de seu cliente. Evandro é apontado pela Polícia como o principal suspeito da morte da ex-mulher, Andréia Cristina Nóbrega Bezerra. O pagodeiro está foragido e com prisão decretada. A liminar será apreciada pelo desembargador David Haddad, da 10ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Andréia morreu ao cair da janela do 3º andar do prédio onde morava em Guarulhos, na Grande São Paulo, no dia 18. A Polícia investiga o caso como homicídio doloso, quando há a intenção de matar. Para a investigação, o ex-marido seria o autor do crime e da tentativa de assassinato contra o filho do casal, uma criança de 6 anos.

O garoto despencou junto com a mãe da janela. A criança sofreu uma fratura no maxilar e sobreviveu. A criança prestou depoimento à Polícia e fez um desenho no qual o pai pega uma faca e corta uma mangueira de gás. Com base no depoimento, a Polícia sustenta que o ato do pagodeiro levou a mulher a se jogar pela janela com o garoto.

A defesa nega e sustenta que foi a ex-mulher de Leandro que cortou a mangueira de gás e decidiu pular da janela com a criança. O advogado do músico quer garantir que seu cliente responda ao processo em liberdade.

Revista Consultor Jurídico, 1 de dezembro de 2008, 17h13

Comentários de leitores

1 comentário

...pagodeiro!? O que esperar dessa espécie?

Robespierre (Outros)

...pagodeiro!? O que esperar dessa espécie?

Comentários encerrados em 09/12/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.