Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Erva suspeita

Empresário dos EUA é condenado por vender falsa pílula de ereção

Steve Warshak, 42 anos, fundador da Berkeley Premium Nutraceuticals, do estado de Ohio, foi condenado a 25 anos de prisão, na quarta-feira (27/8), pela Justiça Federal dos Estados Unidos. Ele ficou famoso por oferecer produtos feitos de ervas para aumentar o desempenho sexual masculino.

Warshak também teve de pagar US$ 93 mil de fiança, sob acusação em 93 denúncias distintas, todas de conspiração, fraude e lavagem de dinheiro. As informações são do site Findlaw.

Procuradores o acusaram de ter faturado mais de US$ 100 milhões em produtos fraudulentos, cujas compras ele se negava a cancelar em caso de reclamação. O juiz federal S. Arthur Spiegel diz que o rombo, no entanto, ainda é maior, com lucros de mais de US$ 500 milhões tomados de clientes incautos.

O produto mais vendido por Warshak era um estimulante sexual masculino batizado de Enzyte. A mãe de Warshak, de 75 anos de idade, também foi condenada, a dois anos de prisão. A pena não deve ser cumprida, posto ela esteja sofrendo de câncer, em fase terminal.

Revista Consultor Jurídico, 28 de agosto de 2008, 18h27

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/09/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.