Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Operação Bico Seco

Acusado de falsificar bebida não responderá em liberdade

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, não aceitou pedido de liminar de um empresário acusado de falsificar bebidas para responder o processo em liberdade. Ele foi preso no dia 10 de outubro do ano passado na Operação Bico Seco.

O ministro aplicou a Súmula 691, que impede o Supremo de julgar pedido de liminar contra decisão monocrática de tribunal superior. “Na análise não se identificam casos de teratologia (relato de monstruosidades), flagrante ilegalidade ou abuso de poder”, afirmou o ministro, citando os motivos mais comuns para afastar a súmula.

Lewandowski também pediu mais informações sobre o caso. Depois de passar pela Procuradoria-Geral da República, o pedido de HC pode ter seu mérito julgado pela 1ª Turma do STF.

O empresário é réu na Ação Penal instaurada depois da Polícia do Rio desbaratar suposta quadrilha que fabricava e vendia bebidas alcoólicas falsificadas. Ele também responde por formação de quadrilha e falsificação de papel de emissão legal e selo postal.

No pedido de HC, a defesa alega que não há motivo para prisão preventiva. Segundo os advogados, ele está sofrendo constrangimento ilegal por cumprir pena antecipadamente. Observa que, se fosse condenado, já teria praticamente cumprido um sexto da pena, o que lhe daria ao regime semi-aberto. Os advogados também sustentam que nos produtos fabricados pelo empresário não foram encontradas provas do crime de que é acusado.

HC 95.437

Revista Consultor Jurídico, 8 de agosto de 2008, 0h00

Comentários de leitores

2 comentários

Se as bebidas eram de má qualidade, sim, cadeia...

Silvio Curitiba (Advogado Associado a Escritório)

Se as bebidas eram de má qualidade, sim, cadeia prá ele!

Por que Dantas não foi preso? Por que Dantas ac...

Quintela (Engenheiro)

Por que Dantas não foi preso? Por que Dantas acusado de comandar uma quadrilha, de subornar um Delegado Federal teve duas prisões preventivas negadas??? Por favor.. me esclareçam.. sou leigo nesse assunto! Realmente não entendo.

Comentários encerrados em 16/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.