Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Leão manso

TNU barra Imposto de Renda sobre verba indenizatória

As verbas recebidas em razão de adesão a programa de incentivo à aposentadoria possuem natureza indenizatória. Assim, não há incidência do Imposto de Renda sobre elas.

O entendimento é da Turma Nacional de Uniformização (TNU) dos Juizados Especiais Federais (JEFs), que acatou pedido de uniformização interposto contra decisão da Turma Recursal dos JEFs do Paraná. A sessão foi feita na última segunda-feira (28/7). O relator da matéria na TNU foi o juiz federal Leonardo Safi de Melo.

Em 28 de maio passado, a 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça entendeu que incide Imposto de Renda sobre o pagamento de indenização de horas extras trabalhadas. O caso em discussão envolveu uma disputa judicial entre empregados da Petrobras e a Fazenda Nacional.

Enquanto a 1ª Turma tinha decidido que o valor pago pela Petrobras a título de indenização por horas trabalhadas não estava sujeito à incidência de IR, a 2ª turma teve entendimento contrário.

A decisão da 1ª Seção do STJ unificou a jurisprudência da 1ª e da 2ª Turmas.

Revista Consultor Jurídico, 1 de agosto de 2008, 15h59

Comentários de leitores

1 comentário

Tributar rescisão trabalhista ou aposentadoria ...

Bira (Industrial)

Tributar rescisão trabalhista ou aposentadoria demonstra a total falência do estado, apesar do custo altissimo que pagamos para este existir.

Comentários encerrados em 09/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.