Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reprodução dos fatos

Rádio Justiça discute reconstituição de crimes na segunda

A reprodução simulada dos fatos será o tema do debate entre o promotor de Justiça Renato Marcão, o médico legista da Polícia Civil do Distrito Federal Malthus Galvão e o delegado da Policia Federal de Alagoas, Joacir Avelino Silva. Eles serão entrevistados por Pedro Beltrão e Miguelzinho Martins. A discussão será veiculada no Espaço Forense, da Rádio Justiça, que vai ao ar às 11h, na próxima segunda-feira (28/4).

“Para verificar a possibilidade de haver a infração sido praticada de determinado modo, a autoridade policial poderá proceder à reprodução simulada dos fatos, desde que esta não contrarie a moralidade ou a ordem pública”, estabelece o artigo 7º, do Código de Processo Civil.

O debate acontece um dia depois da data prevista pela Polícia para fazer a reconstituição da morte da menina Isabella Nardoni, em São Paulo. A Justiça já determinou o bloqueio do espaço aéreo, no próximo domingo, na região do prédio onde ocorreu o crime.

A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 MHz, em Brasília, pelo satélite ou pelo site www.radiojustica.gov.br.

Revista Consultor Jurídico, 27 de abril de 2008, 0h01

Comentários de leitores

2 comentários

Na reconstituição desse "suposto crime" o inter...

Simão, Wilson (Outros)

Na reconstituição desse "suposto crime" o interesse de só endossar a versão acusatória, emitiram diversas falhas que mais beneficiam os acusados do que ajudam a elucidar o caso. Na reconstituição um boneco (na proporção exata do corpo) deveria ser lançado diversas vezes outro erro muito estranho, foi o furo na tela de proteção e os tempo transcorrido de 11 minutos (que pode ser muito mais).

Parabens a Policia e ao MP. Profissionalismo pu...

RBS (Advogado Autônomo)

Parabens a Policia e ao MP. Profissionalismo puro, enquanto os principais interessados pareciam não estar muito preocupados.

Comentários encerrados em 05/05/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.