Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nome do jogo

Jockey Club de Santa Maria é fechado por explorar jogo do bicho

O Jockey Club de Santa Maria (RS) foi fechado e teve seus equipamentos aprendidos na tarde de terça-feira (22/4). No local, de acordo com o Ministério Público Federal, havia apostas do jogo do bicho. A decisão foi tomada pelo juiz Jorge Ledur, da Justiça Federal do Rio Grande do Sul. A Ação Civil Pública foi ajuizada pelo MPF.

Segundo o procurador Rafael Brum Miron, "a atividade declarada pela empresa, ou seja, corridas de cavalo, eram meramente de fachada, sendo que a atividade efetivamente realizada era a prática de jogo de bingo". A constatação teria sido feita por policiais federais disfarçados.

Os equipamentos usados para o jogo, como móveis e equipamentos eletrônicos, ficarão na Brigada Militar do Rio Grande do Sul até o final do processo. Além do Jockey, são réus na ação os empresários Paulo Roberto Lemos e Edison Davila Sumariva. Eles foram acusados de exploração de jogos de azar.

Conforme o procurador, a ação é apenas mais uma das já feitas para coibir a prática ilegal do jogo em Santa Maria.

Revista Consultor Jurídico, 23 de abril de 2008, 0h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/05/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.