Consultor Jurídico

Artigos

Troca de direção

O que esperar da nova presidência da Suprema Corte

Por 

HITCHCOCK, James. The Supreme Court and Religion in American Life. Princeton, NJ: Princeton University Press, 2004; Hoekstra, Valerie J. Public Reaction to Supreme Court Decisions. Nova York: Cambridge University Press, 2003;

HORWITZ, Morton F. The Warren Court and the pursuit of Justice. New York: Hill and Wang, 1998;

IVERS, Gregg e Kevin T. McGuire. Creating Constitutional Change: Clashes over Power and Liberty in the Supreme Court. Charlottesville, VA: University of Virginia Press, 2004;

JOST, Kenneth. The Supreme Court A to Z. Washington, D.C. CQ Press, 2003;

LANIER, Drew Noble. Of Time and Judicial Behavior: United States Supreme Court Agenda-Setting and Decision-Making, 1888-1997. Selinsgrove PA: Susquehanna University Press, 2003;

LEWIS, Anthony. Earl Warren, in The Justices of the United States Supreme Court, 1789-1969. Treir Lives an Major Opinions. Editors Leon Friedman an Fred L. Israel. New York, 1969.

LOCKHART, William B. et al Constitutional law: cases-comments-questions. St. Paul: West Publ., 1996;

MANGABEIRA UNGER, Roberto. The Critical Legal Studies Movement. Cambridge: Harvard University Press, 1986.

MORO, Sérgio Fernando. Jurisdição constitucional como democracia. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2004, p.37.

O'BRIEN, David M. Storm Center: The Supreme Court in American Politics. Nova York: W.W. Norton and Co, Inc., 2005;

O'CONNOR, Sandra Day. The Majesty of the Law: Reflections of a Supreme Court Justice. Nova York: Random House, 2004;

 é mestrando em Direito Constitucional pelo IDP e professor de Direito Constitucional do Iesb.

Revista Consultor Jurídico, 22 de abril de 2008, 0h00

Comentários de leitores

3 comentários

Particularmente acho que o critério na escolha ...

veritas (Outros)

Particularmente acho que o critério na escolha dos ministros deve ser mudada imediatamente a presidência da república nunca poderia estar envolvida neste processo , pois onde fica a separação entre os poderes se os ministros são escolhidos pela presidência da república ? Mesmo que referendados pelo senado

Tirando a louvação exacerbada e futurismo extre...

Armando do Prado (Professor)

Tirando a louvação exacerbada e futurismo extremamente otimista, quero crer que o futuro presidente deva ser político no sentido melhor da palavra, deixando de lado o modo adesivo às políticas da era FHC. Por outro lado, o STF não é o repositário das discussões e polêmicas aleatórias que vão das borboletas às explosões nucleares, devendo limitar-se a ser a guardiã da CF, o que já é muito, se bem executado.

Acredito que não haja nada mais motivador para...

Xavier da Silveira Lucci (Servidor)

Acredito que não haja nada mais motivador para o Operador do Direito do que ler um artigo com essas alvíssaras. O Ministro Gilmar Mendes, por tudo que se lê a seu respeito, é figura intelectual da mais alta envergadura, tendo se doutorado em Munster na Alemanha e isto, associado à sua experiência na Administração Pública só pode resultar no sucesso das políticas a serem empreendidas pelo Poder Judiciário. Nossos melhores votos ao insigne jurista e Ministro Presidente daquela Casa. Edson Xavier da Silveira Lucci

Comentários encerrados em 30/04/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.