Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Casa nova

Centro Cultural da Justiça Eleitoral será inaugurado no dia 10

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Marco Aurélio, vai inaugurar no próximo dia 10 de abril, às 20h30, o Centro Cultural da Justiça Eleitoral (CCJE), que ficará no “corredor cultural” da cidade do Rio de Janeiro. O espaço, dedicado à memória da Justiça Eleitoral brasileira, ocupará o prédio histórico que fica na esquina da Rua 1º de Março com a Rua do Rosário.

A construção foi projetada em 1892 para abrigar a agência central do Banco do Brasil na então capital da República recém-proclamada, mas não chegou a ser utilizada pela instituição financeira. Em troca da ajuda econômica do governo federal, o banco entregou a nova sede para uso do Supremo Tribunal Federal que ocupou o prédio até 1909.

Em 1946 tornou-se sede do TSE até a década de 1960, quando o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro lá se instalou até 1996. Destinado ao uso público, com a criação do Palácio Judiciário da Cidadania, o edifício histórico agora sediará o Centro Cultural da Justiça Eleitoral.

Após a inauguração estarão expostas no CCJE, esculturas do artista brasiliense Carlos Wolfgram. “Rostos que evocam lembranças poéticas e traços de pessoas presentes e de amigos há muito não vistos, ou simples expressões, especialmente femininas, encontradas em sonhos, devaneios, fantasias”, esclarece o escultor.

Será lançado, ainda, um livro de fotografias de U. Dettmar e Nélson Júnior, fotógrafos do TSE, com tiragem limitada a 80 exemplares. A publicação terá selo editorial do CCJE, e foi produzida pela Secretaria de Gestão da Informação e comercializada em sistema de consignação por entidade sem fins lucrativos.

Revista Consultor Jurídico, 6 de abril de 2008, 0h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/04/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.