Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Golpe virtual

Jovem da Nova Zelândia é condenado por crimes na internet

Owen Thor Walker, um jovem neozelandês de 18 anos, foi condenado, nesta terça-feira (1/4), como o líder de uma rede internacional de crimes pela internet. Mais de um milhão de computadores foram atingidos pelo grupo.

Ele admitiu as seis denúncias de usar o computador para fins ilegais. Segundo a BBC Brasil, ele será sentenciado no dia 28 de maio e pode receber pena de cinco anos de prisão.

O juiz Arthur Tompkins indicou, no entanto, que não analisa a hipótese de uma condenação em regime fechado. Walker sofre da síndrome de Asperger, uma forma leve de autismo.

O jovem, que usava o nome de Akill, era parte de um grupo conhecido como A Team. Eles usavam botnets (redes de computadores infectados) para desenvolver vírus.

Botnets são redes formadas por diversos computadores com um programa chamado bot (ou zumbi), projetado para procurar informações pela internet como detalhes de contas bancárias e cartões de crédito. Uma botnet pode ser controlada por apenas um computador.

O grupo conseguiu infectar mais de um milhão de computadores no mundo todo, com um prejuízo estimado em US$ 26 milhões (R$ 45,5 milhões). Walker foi detido em novembro de 2007 na cidade de Hamilton, no norte do país. A investigação durou 18 meses e envolveu a policia da Nova Zelândia e o FBI.

Revista Consultor Jurídico, 2 de abril de 2008, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/04/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.