Consultor Jurídico

Comentários de leitores

28 comentários

Uma curiosidade: trata-se de uma reportagem ou ...

Gui Rodrigues (Economista)

Uma curiosidade: trata-se de uma reportagem ou de um anúncio publicitário? E no ranking nacional, qual foi a faculdade que mais aprovou? Alguém pode informar uma fonte? Só pra constar, a ILUSTRÍSSIMA e ADORADA UnB teve 79% de aprovação, contando com os filhos de militares que entram pela janela sem passar no vestibular.

Os questionamentos do comentário original de L...

OpusDei (Advogado Autônomo)

Os questionamentos do comentário original de Lucas Hildebrand são de uma lucidez excepcional. Merecem ser lidos e refletidos, inclusive pelos redatores deste web site.

...estranha essa comparação. O que se pretende?...

Robespierre (Outros)

...estranha essa comparação. O que se pretende? ...outra coisa: proponho que o Conjur freqüente algumas aulas da Unip: sugiro aulas de prática do consumidor, direito do trabalho, civil, etc, por exemplo no Campus Chácara Sto. Antonio. Verão que realmente é uma indústria que fabrica...drogas.

Realmente a reprotagem deixou muito a desejar. ...

Leonardo Fernandes dos Santos (Estudante de Direito)

Realmente a reprotagem deixou muito a desejar. Dizer que é irrelevante que 14% dos alunos sejam aprovados nessas universidades particulares é extremamente inconseqüente. Realmente faltou muita imparcialidade e,como bem disseram acima,ficou cheirando jabá. Lamentável.

Realmente a reprotagem deixou muito a desejar. ...

Leonardo Fernandes dos Santos (Estudante de Direito)

Realmente a reprotagem deixou muito a desejar. Dizer que é irrelevante que 14% dos alunos sejam aprovados nessas universidades particulares é extremamente inconseqüente. Realmente faltou muita imparcialidade e,como bem disseram acima,ficou cheirando jabá. Lamentável.

Chega até a ser engraçada a tentativa de compar...

Wagner Souza (Advogado Autônomo - Administrativa)

Chega até a ser engraçada a tentativa de comparar o resultado obtido pela USP com o da UNIP no exame de ordem.

Arguta a observação do leitor Lucas Hildebrand....

caldeira (Funcionário público)

Arguta a observação do leitor Lucas Hildebrand. O artigo tentou a todo minimizar o desempenho pífio da Unip e da FMU. Tenho a impressão que os alunos dessas entidades de outras similares são vítimas de um verdadeiro estelionato intelectual. Essa "reportagem" está com cheiro e cara de jabá. Lamentável CONJUR.

Espero que o ConJur seja sério o suficiente par...

Lucas Hildebrand (Advogado Sócio de Escritório)

Espero que o ConJur seja sério o suficiente para pelo menos para manter este comentário no ar: "Diante dos 4.173 alunos inscritos pela Unip no Exame de Ordem, seu baixo índice de aprovação – apenas 14% - se torna irrelevante. Quando se consideram as varias unidades da rede Unip, isto fica ainda mais claro." Como assim irrelevante? É irrelevante que um aluno tenha apenas 14% de chances de ser advogado (é o caso da UNIP)? Esse percentual não reflete a qualidade do curso? A aprovação no exame da Ordem igualiza todos os aprovados? Todos os advogados no exercício da profissão têm a mesma capacidade e as mesmas chances de ter uma carreira digna? O uso da expressão "irrelevante" não torna o artigo um cúmplice da fábrica de ilusões que se tornou o ensino privado superior no Brasil? Perguntas de um leitor contumaz atônito.

Comentar

Comentários encerrados em 28/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.