Consultor Jurídico

Renovação no quadro

Justiça Eleitoral quer aumentar número de eleitores jovens

O Tribunal Superior Eleitoral iniciou, nesta segunda-feira (15/10), em todo o país, campanha dirigida aos jovens, entre 16 e 17 anos, para que tirem seus títulos de eleitor e participem das eleições de 2008. A iniciativa tem o objetivo de aumentar o número de eleitores nessa faixa etária que caiu quase à metade entre outubro de 1992 e junho de 2007.

De acordo com dados estatísticos da Justiça Eleitoral, em outubro de 1992, o número de eleitores com 17 anos era de 1.822.639 (2,02%) e de 1.398.841 (1,55%) com 16 anos, chegando a 3,57% do eleitorado.

Em junho de 2007, o número de jovens eleitores com 17 anos era de 1.584.199 (1,26%) e de 507.939 (0,4%) com 16 anos, fazendo um total de 1,66%.

Por isso, diante deste quadro e da responsabilidade de informar o eleitor brasileiro, bem como de contribuir para o exercício da cidadania, o TSE lançou nesta segunda-feira a campanha de conscientização sobre a importância da participação e do engajamento da juventude no processo eleitoral.

O presidente do TSE, ministro Marco Aurélio, solicitou a colaboração de todos os meios de comunicação na divulgação do material produzido às emissoras de rádio e televisão para a veiculação nacional e gratuita dos filmes e spots. A veiculação está prevista para ocorrer até 15 de dezembro deste ano.

De acordo com o artigo 14 da Constituição Federal, o alistamento eleitoral e os votos são obrigatórios para os maiores de 18 anos, e facultativo para os maiores de 16 e menores de 18 anos, os maiores de 70 anos e os analfabetos.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 15 de outubro de 2007, 19h26

Comentários de leitores

3 comentários

Com o sistema de empurrar conhecimento e livros...

Bira (Industrial)

Com o sistema de empurrar conhecimento e livros de história para lá de suspeitos, fica fácil manipular eleitores.

drcrash (Civil - - ) 15/10/2007 - 22:06 CONCO...

PCSILVA (Contabilista)

drcrash (Civil - - ) 15/10/2007 - 22:06 CONCORDO E ASSINO EM BAIXO

Mais uma vez o Estado tenta aumentar o espectro...

drcrash (Bacharel)

Mais uma vez o Estado tenta aumentar o espectro de desinformados. Não bastasse o voto obrigatório, querem a opinião dos adolescentes também. Uma democracia consciente pede o voto facultativo, onde participa quem conhece e tem interesse. Não faria mal também um aumento da maioridade para 20 anos, como no Japão, proporcionando um corpo votantes mais maduro e consciente.

Comentários encerrados em 23/10/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.